Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lucro da Indústrias Romi cai, mas encomendas crescem no quarto trimestre

11/02/2020 - 21:32
Máquina da Indústria Romi
Sinal positivo: encomendas da Romi cresceram 19,5% no trimestre (Imagem: Facebook/Divulgação/Romi)

A Indústrias Romi (ROMI3) encerrou o quarto trimestre com lucro líquido de R$ 19,066 milhões. A cifra representa um recuo de 9,4% sobre o mesmo período do ano passado, e 31,6% em relação ao terceiro trimestre. O resultado foi a consequência de um recuo geral no desempenho da companhia.

A receita líquida, por exemplo, caiu 6,6% sobre o quarto trimestre de 2018, e somou R$ 230,4 milhões. O lucro operacional foi ainda mais pressionado, com queda de 25%, para R$ 22,4 milhões.

Outro número caro aos analistas, o ebitda, também registrou forte queda (18,5%), e fechou dezembro em R$ 31,123 milhões. A cifra ficou, ainda, 12,4% inferior ao do terceiro trimestre.

Bom sinal

Do lado positivo, o destaque ficou com o crescimento das encomendas de máquinas e equipamentos, o que significa promessa de faturamento futuro. No quarto trimestre, os novos pedidos totalizaram R$ 185,2 milhões, o que representa um aumento de 19,5% sobre o mesmo período do ano passado.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Com isso, a carteira total de pedidos (novos, mais os antigos) somou R$ 304,9 milhões. A cifra é 9,7% maior que a do fim de 2018.

Veja, a seguir, a íntegra dos resultados divulgados pela Romi (atualizado às 11h33 desta quarta-feira, com a nova versão do relatório divulgado pela Romi).

Última atualização por Márcio Juliboni - 12/02/2020 - 11:34