Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Lucro da Randon cresce 4.378,3% no 1º trimestre, para R$ 134 milhões

13/05/2021 - 18:52
Veículos Randon
O Ebitda da companhia avançou 226,5%, de R$ 106,9 milhões no início do ano passado para R$ 349,2 milhões entre janeiro e março de 2021 (Imagem: Divulgação/Randon)

O lucro líquido da Randon (RAPT4) disparou no primeiro trimestre do ano. Segundo dados divulgados pela companhia nesta quinta-feira (13), o resultado mostrou salto de 4.378,3% em relação a igual período de 2020, com o montante totalizando R$ 134 milhões.

A Randon explicou que os principais drivers para o aumento expressivo da lucratividade foram o crescimento da receita líquida (+63,8% ano a ano, para R$ 1,9 bilhão), o que permitiu maior diluição de custos fixos; os investimentos em tecnologia e automação; as aquisições, ampliando a diversificação do modelo de negócio; o planejamento estratégico com visão de longo prazo; as sinergias capturadas entre as unidades e os processos corporativos; e a gestão financeira eficiente.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 226,5%, de R$ 106,9 milhões no início do ano passado para R$ 349,2 milhões entre janeiro e março de 2021. Em termos ajustados, o indicador teve avanço de 122,7%, com o valor atingindo R$ 334 milhões. A margem Ebitda ajustada subiu 4,9 pontos percentuais, para 17,5%.

O resultado foi beneficiado pela forte demanda, além do repasse de preços, do câmbio favorável e da diluição dos custos fixos. A base de comparação também ajudou, considerando o lockdown do primeiro trimestre de 2020.

A produção de caminhões da Randon cresceu 33,9% no comparativo anual, totalizando 33 mil unidades. Os segmentos de maior destaque no trimestre foram o de caminhões pesados e semipesados.

Na unidade de semirreboques, as vendas dispararam 61,8%, com 21,2 mil unidades emplacadas no trimestre.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 13/05/2021 - 18:52

Pela Web