AgroTimes

M. Dias Branco (MDIA3) despenca na B3; BB projeta mais retorno em dividendos, mas vale comprar?

13 nov 2023, 15:49 - atualizado em 13 nov 2023, 15:49
m.dias branco dividendos
Revisão da política de remuneração da empresa aos acionistas deve resultar em um aumento no dividend yield da M.Dias Branco (Imagem: Divulgação/ M.Dias Branco)

As ações da M. Dias Branco (MDIA3) recuavam 8,33%, aos R$ 32,15 por papel, nesta segunda-feira (13), após a companhia reportar um salto no lucro líquido do terceiro trimestre de 2023 (3T23).

Além disso, na semana passada, pouco antes da divulgação dos resultados, a empresa comunicou uma alteração na sua política de remuneração aos acionistas que deve impactar os dividendos.

Diante dos últimos acontecimentos, o BB Investimentos reforçou sua recomendação para a ação.


Nova política = dividend yield maior

A M. Dias Branco reportou Ebitda de R$ 441 milhões no 3T23, com margem de 16,1%, avanço de 4,9 pontos percentuais no comparativo anual, aproximando-se da média histórica da empresa (~16,7% entre 2006 e 2020).

O desempenho, segundo o BB, é justificado pela expressiva queda dos custos variáveis, especialmente pela retração de preços das commodities, e pelo controle de despesas, que compensaram a redução da receita ano a ano.

Entretanto, o que chamou a atenção foi a revisão da política de remuneração da empresa aos acionistas, que deve resultar em um aumento no dividend yield da companhia para 5,3% em 2023, estimam os analistas.



Por outro lado, como sinal de alerta, o BB cita a nova queda trimestral do market share do volume de biscoitos (de 32% no 2T23 para 31,3% no 3T23) e massas (de 28,1% no 2T23 para 27,9% no 3T23).

Ainda assim, o banco reitera compra para a ação, com preço-alvo de R$ 48 e potencial de alta de 36,9%.

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.