Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Malásia processa Goldman Sachs por emitir comunicados falsos

17/12/2018 - 7:35

O governo da Malásia processará criminalmente algumas unidades do Goldman Sachs, com a acusação de que o banco norte-americano emitiu comunicados falsos e enganosos sobre três emissões, no valor total de US$ 6,5 bilhões.

O procurador Tommy Thomas declarou em comunicado que o governo buscará multas muito além dos US$ 2,7 bilhões desviados no escândalo do fundo 1MDB, quando o parlamento identificou ao menos US$ 4,2 bilhões em transações irregulares.

Integridade em xeque 

“A fraude atinge o coração dos nossos mercados de capitais”, afirmou o procurador, dizendo ainda que “se nenhum processo criminal for instaurado contra o acusado, sua violação contra nosso sistema financeiro e integridade do mercado ficará impune”.

Como resposta, o Goldman Sachs declarou que se “defenderá vigorosamente” das acusações. “Acreditamos que estas denúncias são mal direcionadas”, afirmou o porta-voz Edward Naylor, completando ainda que o banco cooperará com as autoridades nas investigações.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Goldman Sachs, Justiça, Mercados

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 17/12/2018 - 7:35