Marfrig: analistas batem cabeça sobre o que fazer com ação; veja por quê

Lucas Eurico Simões
25/10/2021 - 11:40
Ibovespa
Dilema: não há consenso sobre a ação, após um trimestre considerado o melhor momento da história da Marfrig (Imagem: Reuters/Amanda Perobelli)

A ação da Marfrig (MRFG3) acumula uma das maiores altas na Bolsa neste ano, ao saltar estrondosos 76,9%, enquanto o Ibovespa (IBOV) já tombou 11% entre o último pregão de 2020 e a sexta-feira (22), se aproximando do piso psicológico dos 100 mil pontos.

No dia 26 de outubro, após o fechamento do mercado, a processadora de alimentos divulgará os números do terceiro trimestre.

“No trimestre passado, a empresa viveu o melhor momento de sua história, com alta disponibilidade de gado e uma demanda extremamente aquecida, impulsionada pela retomada da economia americana, de encontros sociais e auxílios do governo”, comenta o analista Adriano Castro da Genial Investimentos.

Para a corretora, a Marfrig foi a companhia do setor frigorífico que mais se beneficiou do cenário descrito, tendo cerca de 65% de sua receita total vindo dos Estados Unidos. Para o 3° trimestre, o quadro para o mercado de carne bovina nos EUA continua favorável.

Na mesma toada, analistas do Bradesco BBI e da Ágora Investimentos veem resultados positivos para a companhia no período, com estimativa de ebitda (lucro antes de impostos, depreciação e amortização) 38% acima do consenso de mercado.

E daqui pra frente?

A discordância entre as corretoras está sobre o que fazer com ação do frigorífico daqui em diante.

Na visão da Genial, o mercado já precificou os bons ventos da companhia, justificando o call de venda do papel, pensando no curto prazo, com preço-alvo em R$ 20 por ação,. O valor indica uma queda potencial de 20% sobre o atual patamar.

De acordo com matéria publicada pelo Agro Times, o BB Investimentos também considera que a ação da Marfrig deve andar de lado em 2022.

Já o Bradesco BBI aumentou o preço-alvo para R$ 30 para final de 2022, de R$ 25 por ação, mantendo a recomendação de compra.

“Vemos as ações da Marfrig sendo negociadas a um atraente múltiplo Valor de Firma sobre EBITDA de um ano à frente de 3,1 vezes (ajustado pelo investimento na BRF), abaixo da média histórica de 5,1 vezes (em nosso preço-alvo, ela seria negociada a 3,5 vezes), o que, portanto, suporta a recomendação de compra”, concluem os analistas Leandro Fontanesi e Ricardo França, respectivamente.

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Entrevista: como investir em agro em 2021?

 

Última atualização por Márcio Juliboni - 25/10/2021 - 11:41

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web