Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Marink Martins: a Selic nunca irá perder o charme

13/02/2020 - 22:42
Mercados Ibovespa
“Apesar de toda a adversidade do momento — com a mídia financeira te difamando — é você quem dita o comportamento da concorrência, e não o contrário” (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Dizem que há sempre um chinelo velho para um pé cansado. Você, SELIC, emagreceu e foi abandonada por toda uma classe de rentistas que hoje só quer saber de ações que exibem o atributo da moda: “momentum“.

Não fique triste! Apesar de toda a adversidade do momento — com a mídia financeira te difamando — é você quem dita o comportamento da concorrência, e não o contrário.

Saiba que o grupo que te acusa e te amaldiçoa é o mesmo que fez fortuna em 2007 coletando rios de dinheiro em operações de underwriting.

Trata-se de um grupo que quando enxerga uma janela aberta, vai com tudo! Eles mobilizam a mídia financeira e atacam quem estiver na frente. Hoje, minha cara SELIC, você é a vítima.

Eles até sabem que, no fundo, é você quem estabelece o padrão a ser seguido. Mas, como o “estoque” de produtos na prateleira é grande, todo esforço é feito para empurrar o máximo goela abaixo daqueles que hoje são chamados de “seus órfãos”.

Neste sentido recorrem a acrônimos anglicanos como T.I.N.A. (“there is no alternative“) para promover a ideia de que quem for visto em sua companhia é um “LOSER” ou um desavisado.

Saiba que você não ficará sozinha. No curto prazo seu charme permanece.

Já no longo prazo, o seu emagrecimento que já atrai a atenção de inúmeros empreendedores, há de fazer com que os retornos dos novos projetos convirjam para um retorno não muito distante do seu peso.

Até lá, entretanto, é possível que os agentes contribuam para formação de processos piramidais como os inúmeros casos já vistos desde sua criação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 13/02/2020 - 22:42