Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Marink Martins: não chame o cara de pato manco!

23/12/2020 - 10:39
Trump gera um impasse importante justamente em um período em que o governo americano está vulnerável a uma paralisação por questões orçamentárias (Imagem: Facebook/ Donald J. Trump)

O discurso que Trump fez nesta terça-feira a noite vai fazer preço e trazer volatilidade aos mercados nos próximos dias.

De forma resumida, Trump expôs os absurdos contidos no recém-aprovado pacote econômico de US$900 bi (Covid Relief Bill). Além disso, está demandando que o “auxílio emergencial” — aprovado no valor de US$600 por cidadão — seja elevado para US$2.000 dólares.

Trump gera um impasse importante justamente em um período em que o governo americano está vulnerável a uma paralisação por questões orçamentárias. Refiro-me ao famoso risco de SHUT DOWN.

Neste momento em que escrevo (durante a madrugada), a reação dos mercados é tímida. Contudo, o nível de incerteza é crescente.

Imagine se o pacote econômico não for aprovado. Isso poderá gerar um caos, pois ali reside uma extensão do “eviction moratorium” (suspensão de ordens de despejos).

São 20 milhões de americanos que não estão honrando com seus pagamentos de aluguéis. O pacote aprovado posterga a suspensão do dia 31/12 para o dia 31/1/21. Mas, e se Trump resolver chutar o balde?

Em situações como estas lembro sempre da fala de Ivan Sant’Anna quando ele diz:

“Nos mercados, existem coisas que simplesmente não podem deixar de acontecer!”

Penso que a aprovação deste pacote econômico é um destes eventos. O grau de vulnerabilidade da economia americana é elevadíssimo. E, como sabemos, o FED já fez o que pôde e agora “passa o bastão” para que o tesouro americano dê continuidade ao resgate econômico através de políticas fiscais.

Todavia, a emenda aprovada por republicanos e democratas nesta segunda-feira – um documento de 5.000 páginas – parece incluir diversos absurdos.

Quando pensávamos que Trump já era um pato-manco, aproveitando seus últimos dias na Casa Branca, acordamos para o fato de que o controverso líder ainda tem bastante “leverage” (poder de influenciar a trajetória econômica).

Meus amigos: os próximos 15 dias – desta quarta-feira até o dia 5/1 (data da disputa na Geórgia) poderão ser reminiscentes do período natalino de 2018 no que diz respeito a volatilidade.

Na minha visão, Trump deu um xeque-mate nos políticos (republicanos e democratas). Pois, ou eles retificam a emenda e a torna mais populista, ou serão vilificados por todos.

Seja o que for, Trump sai bem na foto. Talvez isso o ajude a lançar a Trump News Network como disse a especialista em ciência política, Pippa Malgreen.

Não se esqueça que os mercados estarão abertos em Nova York na quinta-feira, dia 24/12. O evento acima pode ser otimista, na medida em que poderá fazer com que o pacote injete mais liquidez nos mercados.

Pode também ser pessimista, na medida em que traz o risco de que o pacote não seja aprovado. Sendo assim, não deixe de refletir a respeito do tamanho de sua exposição a risco para os próximos dias.

Um feliz natal para você e sua família.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 23/12/2020 - 10:39

Pela Web