Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Méliuz lucra R$ 19,7 milhões em 2020

31/03/2021 - 10:40
Méliuz CASH3
O volume de vendas (GMV) originado para os parceiros do marketplace atingiu, ao fim do trimestre, R$ 955,5 milhões, alta de 57% na comparação ano a ano (Imagem: Reprodução/Méliuz)

A Méliuz (CASH3) registrou lucro líquido (controladora) de R$ 19,7 milhões em 2020, de acordo com o relatório divulgado pela companhia nesta quarta-feira (31). O valor representa um avanço de 31,2% em relação aos ganhos de R$ 15 milhões reportados em 2019.

As receitas líquidas totais somaram R$ 125,4 milhões em 2020 (alta de 54% em relação ao ano anterior), sendo R$ 43,3 milhões só no quarto trimestre, quando as receitas do marketplace e a base de usuários com o cartão de crédito Méliuz cresceram expressivamente.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 30,3 milhões no ano, com a margem atingindo 24,1% (contra 13% em 2019).

Ao fim do quarto trimestre, a Méliuz contava com 14 milhões de contas, o que representa um crescimento de 55% em relação a igual período de 2019. O número de usuários ativos nos últimos 12 meses chegou em 5,3 milhões, salto de 152% no comparativo anual.

O volume de vendas (GMV) originado para os parceiros do marketplace atingiu, ao fim do trimestre, R$ 955,5 milhões, alta de 57% na comparação ano a ano.

O resultado pode ser associado a uma combinação de fatores positivos: estratégias bem sucedidas de crescimento e aquisição de usuários; realização de campanhas comerciais exclusivas e com condições diferenciadas junto a grandes parceiros; e contínuo crescimento e adesão dos consumidores a datas especiais para o setor como a Black Friday.

“Tais esforços nos levaram ao melhor resultado de volume de vendas em um único trimestre na história”, comentou a Méliuz.

Nos últimos 12 meses, os números de GMV do marketplace da companhia somaram R$ 2,5 bilhões.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 31/03/2021 - 10:40

Pela Web