Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

México desiste de campanha para OCDE e busca comandar OMC

10/07/2020 - 16:19
OMC
O Ministério das Relações Exteriores do México disse que o país estava comprometido em defender o multilateralismo (Imagem: OMC/Divulgação)

O secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Ángel Gurría, afirmou nesta sexta-feira que não buscará reeleição, em movimento com aparente objetivo de aumentar as chances de o candidato do México comandar a Organização Mundial do Comércio (OMC).

Em resposta ao anúncio, o Ministério das Relações Exteriores do México disse que o país estava comprometido em defender o multilateralismo como prioridade política.

“Ángel Gurría anunciou que não buscará a reeleição na OCDE, mas o México está promovendo a candidatura do Dr. Jesús Seade para liderar a OMC”, disse um porta-voz. “Ele tem o perfil necessário, após a negociação bem-sucedida da USMCA, para avançar com os desafios presentes e futuros da OMC.”

Seade, que liderou a equipe do seu governo na conclusão das negociações do acordo comercial Estados Unidos-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês), está atualmente em Genebra e provavelmente apresentará sua candidatura ao organismo na próxima semana.

Oito candidatos estão disputando o mais alto posto. Com três dos últimos seis diretores-gerais provenientes da Europa e outros de Tailândia, Brasil e Nova Zelândia, a pressão tem aumentando para a escolha de um líder da África.

Gurría disse no Twitter que continuará no posto até junho de 2021.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 10/07/2020 - 16:19