Milho salta 6% com demanda de exportação, compras técnicas e cobertura de vendidos

27/05/2021 - 19:07
O ganho de 6,4% foi o maior para o contrato mais ativo de milho desde junho de 2015 (Imagem: Pixabay)

Os contratos futuros do milho avançaram mais que 6% nesta quinta-feira na bolsa de Chicago por compras técnicas e de cobertura de vendidos após mínima de um mês, além de forte demanda.

A soja seguiu a alta do milho, avançando pela primeira vez em oito sessões depois atingir a mínima de um mês no dia anterior.

Os futuros do trigo subiram pela primeira vez em nove sessões, impulsionados pela cobertura de vendidos, compras técnicas e preocupações sobre os plantios recentes, devido a uma seca nas planícies do norte.

O milho para julho atingiu limite de alta de 40 centavos de dólar, a 6,6450 dólares por bushel.

O ganho de 6,4% foi o maior para o contrato mais ativo de milho desde junho de 2015.

A soja para julho teve alta de 33,50 centavos em 15,37 dólares por bushel e o trigo para julho subiu 27,75 centavos de dólar, para 6,7625 dólares o bushel.

A soja e o milho obtiveram ganhos apesar do clima favorável para a safra do Meio-Oeste dos Estados Unidos, além das previsões mais benéficas para as chuvas nos próximos dias.

“Estamos vendo compras especulativas chegando ao mercado. O clima realmente não justifica esse rali na nova safra de milho e soja, porém a demanda ainda está aqui”, afirmou Brian Hoops, presidente da corretora dos EUA Midwest Market Solutions.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 27/05/2021 - 19:07

Cotações Crypto
Pela Web