Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Minério de ferro recua na China com enfraquecimento nas margens do aço

19/01/2021 - 8:09
O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian encerrou o pregão diurno em queda de 1,4%, a 1.046 iuanes (161,26 dólares) por tonelada (Imagem: Pixabay)

Os futuros de referência do minério de ferro recuaram nesta terça-feira depois de terem tocado máxima de quatro semanas na sessão anterior, à medida que um enfraquecimento nas margens do aço na China, maior produtora, pesaram sobre a matéria-prima.

O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian encerrou o pregão diurno em queda de 1,4%, a 1.046 iuanes (161,26 dólares) por tonelada, enquanto o primeiro contrato na bolsa de Cingapura caía 2,2% no meio da sessão, a 166,50 dólares por tonelada.

“As margens do aço têm caído rapidamente nos últimos dias. Isso deve motivar algumas siderúrgicas de maior custo a realizar manutenções e consequentemente reduzir o consumo de minério de ferro”, disse Richard Lu, analista da consultoria CRU em Pequim.

No entanto, a demanda por recomposição de estoques antes dos feriados de Ano Novo Lunar provavelmente deve fornecer algum apoio para os preços, assim como congestionamentos em portos na China que desaceleraram atividades de descarregamento, disse ele.

Esses fatores de possível alta no curto prazo ajudaram a impulsionar os preços spot do minério de ferro na China, que na segunda-feira tocaram 174,50 dólares por tonelada, perto de máxima de nove anos atingida no mês passado, segundo a consultoria SteelHome.

No aço, o vergalhão na bolsa de Xangai caiu 1,9%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 19/01/2021 - 8:09