Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Minério de ferro se recupera com previsão de déficit do Goldman

12/01/2021 - 7:59
Os contratos futuros de minério de ferro subiram mais de 70% ao longo do último ano puxados por uma combinação de restrições de oferta e demanda impulsionada por estímulos na China. (Imagem: Pixabay)

Os futuros do minério de ferro se recuperam com a análise do Goldman Sachs de que o mercado global permanece apertado e pode estar vulnerável a cortes de fornecimento relacionados ao clima neste trimestre.

Haverá um “claro déficit” no primeiro semestre de 2021 após a escassez nos últimos dois anos, disse o banco em relatório amplamente otimista sobre as commodities.

Os estoques estão baixos, principalmente nas usinas da China, o que coloca o mercado em risco de choques de oferta e aumentos inesperados da demanda, disse o banco.

Os contratos futuros de minério de ferro subiram mais de 70% ao longo do último ano puxados por uma combinação de restrições de oferta e demanda impulsionada por estímulos na China.

Os comentários do Goldman estão em linha com as expectativas do mercado de que o consumo deve superar a oferta neste ano, principalmente nos primeiros seis meses.

O banco disse que sinais recentes enviados pelo governo chinês, que busca reduzir a produção local de aço e aumentar a oferta doméstica de minério, não alteram a dinâmica atual do mercado.

Goldman Sachs GS
Os comentários do Goldman estão em linha com as expectativas do mercado de que o consumo deve superar a oferta neste ano, principalmente nos primeiros seis meses (Imagem: Reuters/David Gray)

A menos que a demanda por aço seja “cortada no mesmo grau, o principal impacto do corte da produção doméstica de aço seria impulsionar as importações de aço e simplesmente desviar a demanda de minério de ferro – e os volumes de vendas de aço – para usinas fora da China”, disse. “Essa mudança não mudaria materialmente o que deve ser um claro déficit.”

Os futuros do minério de ferro eram negociados com estabilidade, a US$ 167,11 a tonelada na Bolsa de Cingapura às 15h41 no horário local, revertendo uma queda de 2,3%.

O contrato de minério de ferro mais ativo em Dalian subiu 0,3%, enquanto os futuros do vergalhão de aço caíram pelo segundo dia em Xangai, após fecharem a sexta-feira no nível mais alto desde 2011.

Mineração Minério de Ferro
Os futuros do minério de ferro eram negociados com estabilidade, a US$ 167,11 a tonelada na Bolsa de Cingapura às 15h41 no horário local, revertendo uma queda de 2,3% (Imagem: Pixabay)

Ao mesmo tempo, investidores continuam a avaliar o impacto do aumento dos casos de coronavírus na indústria siderúrgica da China.

Foram registradas 42 infecções em 11 de janeiro, incluindo 40 em Hebei. A região produtora de aço, no norte do país, abrange centros como Shijiazhuang, uma cidade de 11 milhões de habitantes onde foi decretado um lockdown.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 12/01/2021 - 7:59