Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Minerva aprova oferta pública para a venda de até 95 milhões de ações

16/01/2020 - 11:12
Minerva
De acordo com a companhia, a operação vai consistir na distribuição pública primária de 80 milhões novas ações ordinárias (Imagem: linkedin/Minerva)

A Minerva Foods (BEEF3) divulgou fato relevante informando que seu Conselho de Administração aprovou a realização de oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias, a serem emitidas pela companhia e de titularidade do acionista vendedor, de até 95 milhões de ações.

A cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão na B3, em 15 de janeiro de 2020, foi de R$14,40 por ação, valor indicativo do preço por ação, podendo variar para mais ou para menos, conforme a conclusão do procedimento de bookbuilding. Com base neste, o montante total da oferta seria R$ 1,368 bilhão.

De acordo com a companhia, a operação vai consistir na distribuição pública primária de 80 milhões novas ações ordinárias e na venda pública secundária de 15 milhões ações ordinárias de titularidade de VDQ Holdings.

No mercado local, o follow-on terá a coordenação do Banco BTG Pactual, do Banco J.P. Morgan, do Banco Bradesco (BBDC4), do BB-Banco de Investimento e do Banco Itaú BBA e, em conjunto com o Coordenador Líder, J.P. Morgan, Bradesco BBI e BB-Investimentos.

Ainda de acordo com a Minerva, não haverá procedimento de estabilização do preço das ações no âmbito da oferta e, consequentemente, o preço das ações no mercado secundário da B3 poderá flutuar significativamente após a colocação das ações.

O preço por ação será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento, que será realizado junto a investidores profissionais, no Brasil, pelos Coordenadores da Oferta, e no exterior, junto a Investidores Estrangeiros, pelos Agentes de Colocação Internacional.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Os recursos líquidos oriundos da Oferta Primária serão destinados para os fins de melhoria da estrutura do capital da companhia, por meio do pagamento de determinadas dívidas.

A Minerva não receberá qualquer recurso decorrente da oferta secundária por se tratarem exclusivamente de ações ordinárias de titularidade do Acionista Vendedor.

Última atualização por Rafael Borges - 16/01/2020 - 11:15

Visto do Reino Unido? Só para “os mais brilhantes do mundo”