Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ministro de Mineração do Chile vê cobre acima de US$ 3 em 2020

02/03/2020 - 9:36
A oferta de cobre em depósitos rastreados pela Bolsa de Futuros de Xangai aumentou para o maior nível já registrado para esta época do ano (Imagem: Facebook/Codelco)

O coronavírus que abala os mercados desde janeiro não deve impedir que os preços do cobre subam para US$ 3 por libra-peso este ano, disse o ministro de Mineração do Chile, Baldo Prokurica, em entrevista.

O preço do cobre, frequentemente usado como termômetro da economia global, acumula baixa de cerca de 8% em 2020, o que sinaliza uma menor demanda pelo metal que tem diversos usos, como em eletrônicos e automóveis, e afasta investidores de ativos de maior risco.

A oferta de cobre em depósitos rastreados pela Bolsa de Futuros de Xangai aumentou para o maior nível já registrado para esta época do ano, já que restrições logísticas na China impedem que a produção atinja os usuários finais, o que pressiona ainda mais o preço do metal.

As cotações do cobre “devem se estabilizar assim que o coronavírus passar”, disse Prokurica em entrevista na segunda-feira durante a conferência PDAC, em Toronto.

“Ninguém tem informações para dizer que o coronavírus durará um ou dois ou três meses, mas a SARS e similares duraram entre dois e três meses, então achamos que é isso o que acontecerá com o coronavírus.”

O cobre registrou queda de 1,2% nas negociações de sexta-feira em Nova York, para US$ 2,54 por libra-peso.

“Tenho a impressão de que o preço deve ficar entre US$ 3 e algo mais”, disse Prokurica, citando a situação da demanda e oferta e as futuras negociações salariais nas minas do Chile como fatores potenciais.

A Comissão Chilena do Cobre (Cochilco) cortou sua projeção de preço para US$ 2,85 a libra-peso diante da estimativa anterior de US$ 2,90 em janeiro.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 02/03/2020 - 9:36