Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Monica Saccarelli: Micro investimento… afinal, o que é?

27/04/2019 - 15:22

Por Monica Saccarelli, CEO-Founder da Diin

Você só tem R$ 1 na carteira, na sua conta bancária ou no seu bolso? É com esse valor que queremos que você dê o primeiro passo para guardar dinheiro. Não precisa estudar, entender ou fazer uma planilha para começar. O mais importante é iniciar! E é isso que chamamos de micro investimento.

Micro investimento é o menor valor que você tem e caberá no seu orçamento para investir. A maioria dos bancos e corretoras não oferecerem produtos de investimentos vantajosos para o pequeno poupador ou para quem quer simplesmente começar a guardar o seu dinheiro. O que acontece? Todo mundo vai para a poupança.

E por isso, que resolvemos atuar e trazer para o Brasil o conceito de micro investimento. Queremos dar acesso a todas as pessoas a melhorar sua vida financeira.

Com isso, acredito que podemos reduzir o número de endividados, oferecer rendimento maior que a poupança e levar educação financeira. Em outras palavras, dar o acesso ao investimento para qualquer pessoa que ache complicado ou não tem dinheiro.

Isso é algo novo?! Não se olharmos para países como Estados Unidos e Inglaterra. Eles conseguiram melhorar a vida financeira de seus trabalhadores e por aqui, também queremos conquistar isso!

Sobre a Diin

Lançado em 2018, a Diin é a primeira fintech a viabilizar o micro investimento no Brasil. Com ela é possível investir a partir de R$ 1 em títulos públicos, sem taxa de administração.

O objetivo é ajudar os brasileiros a criarem o hábito de poupar pequenos valores, incentivar a formação de uma “reserva” monetária para diminuir o endividamento e ser o passo inicial para futuros investimentos que possam ser mais rentáveis.

O usuário Diin tem acesso a um organizador financeiro, que ajuda a entender onde estão alocados os gastos (em categorias) trazendo o resultado de quanto se pode guardar no mês. Também são disparadas dicas de comportamento financeiro e melhor uso do dinheiro.

Para quem gosta de desafios, foi desenvolvido o Desafio 21, no qual o usuário guarda pequenas quantias durante 21 dias, para melhor se adequar e criar de forma leve o hábito de guardar dinheiro.

À frente desta inovação estão os ex-sócios da corretora Rico, Monica Saccarelli e Frederico Meinberg, que idealizaram o modelo inspirados em fintechs americanas e em pesquisas que realizaram no Brasil.

Tamanha facilidade tem atraído cada vez mais usuários de diferentes perfis que desejam guardar dinheiro para conquistar seus objetivos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 27/04/2019 - 23:59

Cotações Crypto
Pela Web