Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Alexandre de Moraes determina a suspensão do Telegram no Brasil

Renan Nunes
18/03/2022 - 15:49
Alexandre de Moraes Telegram
Após várias tentativas sem sucesso de contato com o Telegram, o ministro Alexandre de Moraes decidiu pela suspensão do aplicativo no Brasil (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio do Telegram no Brasil nesta sexta-feira (18) após várias tentativas frustradas de contato com os representantes da plataforma no país. O magistrado acatou ao pedido da Polícia Federal.

No início de fevereiro, o ministro Luís Roberto Barroso, na ocasião ainda presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), enviou uma série de ofícios para os gestores do aplicativo de mensagens – que também não foram atendidas.

De acordo com a determinação de Moraes, “o aplicativo Telegram é notoriamente conhecido por sua postura de não cooperar com autoridades judiciais e policiais de diversos países, inclusive colocando essa atitude não colaborativa como uma vantagem em relação a outros aplicativos de comunicação, o que o torna um terreno livre para proliferação de diversos conteúdos, inclusive com repercussão na área criminal”.

O ministro já havia ameaçado suspender o aplicativo após solicitar o bloqueio de três perfis relacionados ao blogueiro Allan do Santos, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL). A rede social colaborou com o pedido da justiça brasileira com atrasos.

“Determino a suspensão completa e integral do funcionamento do Telegram no Brasil, defenso ser intimado, pessoal e imediatamente, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Wilson Diniz Wellisch, para que adote imediatamente todas as providências necessárias para a efetivação da medida”, diz um trecho da decisão.

Confira a decisão do magistrado na íntegra:

Última atualização por Alexa Meirelles - 18/03/2022 - 16:15

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de tecnologia?
Receba toda sexta-feira as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto