Morning Times

Pessimismo dos investidores aumenta às vésperas da inflação

10 jan 2024, 7:54 - atualizado em 10 jan 2024, 7:54
morning times inflação cpi
Morning Times: Amanhã sai a inflação dos Estados Unidos e esses números são importantes para o mercado entender quais podem ser os próximos passos do Fed. (Imagem: Getty Images Signature/Canva)

Com a agenda esvaziada e o mercado parado, os investidores aguardam ansiosos pelos dados de inflação nos Estados Unidos.

Amanhã, sai o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês). Esses números são importantes para o mercado entender quais podem ser os próximos passos do Federal Reserve.

Por mais que o CPI não seja o indicador inflacionário preferido do banco central americano, ele ajuda a ter uma ideia de como andam os preços no país.

Caso os números venham acima do esperado, devem diminuir as apostas de um corte de juros já em março e o Fed pode optar por manter a taxa em um patamar mais elevado por mais tempo. Atualmente, os juros norte-americanos estão entre 5,25%-5,50%.

Ainda assim, o CME FedWatch Tool mostra que 64,5% dos economistas apostam em um corte de 0,25 ponto percentual na segunda reunião do ano do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês).

As bolsas internacionais operam mistas.

Morning Times: Confira os mercados na manhã desta quarta-feira (10)

  • Tóquio/Nikkei: +2,01%
  • Hong Kong/Hang Seng: -0,57%
  • China/Xangai: -0,54%

Bolsas europeias (mercado aberto)

  • Londres/FTSE100: -0,14%
  • Frankfurt/DAX: +0,33%
  • Paris/CAC 40: +0,20%

Wall Street (mercado futuro)

  • Nasdaq: +0,40%
  • S&P 500: +0,14%
  • Dow Jones: +0,01%

Commodities

  • Minério de ferro: -3,02%, a US$ 135,41 a tonelada
  • Petróleo/Brent: -0,61%, a US$ 77,12 o barril
  • Petróleo/WTI: -0,65%, a US$ 71,78 o barril

Boa quarta-feira e fique de olho no Money Times para acompanhar as notícias do mercado!

Editora-chefe
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin