Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Moura Dubeux precifica IPO em R$ 19 e levanta R$ 1,25 bi; ações estreiam amanhã

12/02/2020 - 15:23
A Moura Dubeux atua há mais de 30 anos no Nordeste, presente no momento em Pernambuco, Alagoas, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará (Imagem: Reprodução/Moura Dubeux)

A construtora e incorporadora Moura Dubeux Engenharia, com sede em Recife (PE), está pronta para sua estreia na bolsa brasileira, com as ações passando a ser negociadas na quinta-feira, com o código MDNE3. A oferta inicial de ações foi precificada em R$ 19,00 e irá levantar R$ 1,25 bilhão. O intervalo da faixa pretendida era de R$ 17,00 e R$ 21,00.

Uma das maiores construtoras do Nordeste do Brasil protocolou em dezembro o pedido de registro da oferta pública inicial (IPO) de distribuição primária de ações. A operação foi coordenada pelo Itaú BBA, Credit Suisse, Bradesco BBI e BB Investimentos.

Na época, a companhia também protocolou pedido de conversão do registro de emissor de valores mobiliários da Companhia perante à CVM da categoria ‘B’ para a categoria ‘A’, bem pedido de admissão à negociação de ações de sua emissão no Novo Mercado da B3.

Segundo informações no site da empresa, a Moura Dubeux atua há mais de 30 anos no Nordeste, presente no momento em Pernambuco, Alagoas, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Na semana passada, foi a vez da construtora Mitre estrear na bolsa, depois de precificou seu IPO a r$ 19,30 por papel, em operação que movimentou 1,2 bilhão de reais, sendo 1,024 bilhão de reais na oferta primária e 159,8 milhões na secundária.

A faixa indicativa de preço definida pelos coordenadores da oferta, incluindo Itaú BBA, BTG Pactual (BPAC11) e Bradesco BBI, era de 14,30 a 19,30 reais. Desde sua estreia, depois da forte alta na abertura, os papéis fecharam a terça-feira a R$ 20,24.

Última atualização por Renan Dantas - 12/02/2020 - 16:09