Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Mourão defende apoio à Ucrânia, uso da força contra a Rússia e compara Putin a Hitler

Tamires Vitorio
24/02/2022 - 12:22
Hamilton Mourão
Mourão afirmou que Brasil condena invasão da Ucrânia (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino)

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta quinta-feira (24), antes de entrar no Palácio do Planalto, que “o Brasil não concorda com a invasão da Ucrânia”.

“O Brasil não está neutro. O Brasil deixou muito claro que ele respeita a soberania da Ucrânia. Então, o Brasil não concorda com uma invasão do território ucraniano. Isso é uma realidade”, disse Mourão para jornalistas.

“Precisa haver o uso da força, realmente um apoio à Ucrânia, mais do que está sendo colocado. Essa é a minha visão. Se o mundo ocidental pura e simplesmente deixar que a Ucrânia caia por terra, o próximo será a Bulgária, depois os Estados bálticos, e assim sucessivamente, assim como a Alemanha hitlerista fez nos anos 30”, continuou.

Para Mourão, “o mundo ocidental está igual ficou em 1938 com Hitler”.

“Faz um apaziguamento. Putin não respeita o apaziguamento. Essa é a realidade”, disse.

Além disso, o vice-presidente acredita que “sanções econômicas não funcionam”.

“Na minha visão, meras sanções econômicas, que é uma forma intermediária de intervenção, não funcionam. Vamos lembrar que o Iraque passou mais de 20 anos com sanções econômicas. Nada mudou. O Irã está há não sei quanto tempo com sanção econômica. Também nada mudou”, afirmou.

 

Última atualização por Tamires Vitorio - 24/02/2022 - 12:22

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto