Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

MP de Minas demanda intervenções em 18 barragens da Vale (VALE3) após intensas chuvas

19/01/2022 - 14:53
Vale
Feam e MP de Minas vão notificar a Vale nesta quarta-feira, via ofício, para que medidas de mitigação sejam tomadas em cada uma das estruturas (Imagem: Reuters/Washington Alves)

Dezoito barragens de rejeitos de mineração da Vale (VALE3) em Minas Gerais terão que passar por algum tipo de intervenção como medida preventiva, devido a impactos causados pelas intensas chuvas em dezembro e janeiro, informou em comunicado o Ministério Público mineiro nesta quarta-feira.

As ações específicas e preventivas necessárias nas 18 barragens foram levantadas após análise de 31 estruturas pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e governo estadual, por meio da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), explicou o órgão.

As análises ocorreram a partir de documentos enviados por mineradoras a pedido dos órgãos. Também foram avaliadas barragens da ArcelorMittal e da Minérios Nacional, cujas estruturas não apresentaram danos ou anomalias causados pelas chuvas e tiveram ainda comportamento esperado para o período chuvoso, segundo o órgão.

Feam e MP de Minas vão notificar a Vale nesta quarta-feira, via ofício, para que medidas de mitigação sejam tomadas em cada uma das estruturas.

A mineradora terá dez dias para responder sobre quais as medidas executadas ou o respectivo cronograma de ações necessárias.

“As graves chuvas afetaram diversas estruturas que necessitarão de contínuo e rigoroso acompanhamento por parte dos órgãos de comando e controle”, disse o promotor de Justiça Carlos Eduardo Ferreira Pinto, coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caoma).

“A partir das informações recebidas, serão exigidas das empresas todas as medidas técnicas possíveis e necessárias para garantir a segurança das estruturas.”

Procurada, a Vale afirmou que, assim que for notificada, tomará todas as medidas cabíveis.

Entre as estruturas que deverão passar por intervenções, três estão em nível III de emergência (barragens Sul Superior, B3/B4 e Forquilha III), segundo o MP.

Contudo, de acordo com a análise conjunta da Feam e do MP de Minas, apesar do nível emergencial dessas estruturas, “elas não apresentaram danos diretos, apenas foram enfrentadas dificuldades de acesso às estruturas pela empresa. Para essas barragens, as notificações solicitam medidas para o tratamento dos processos erosivos nos entornos e para a garantia da manutenção das estruturas”.

Última atualização por Janaina de Camargo - 19/01/2022 - 14:53

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto