Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

MP e Polícia Civil apuram irregularidades na Riotur

10/03/2020 - 9:34
A investigação em andamento apura suspeitas de irregularidades envolvendo empresas contratadas pela Prefeitura do Rio (Imagem: Tânia Rego/Agência Brasil)

Uma operação realizada hoje (10) pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e pela Polícia Civil tem como alvo a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur). Estão sendo cumpridos 17 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo 1º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A investigação em andamento apura suspeitas de irregularidades envolvendo empresas contratadas pela Prefeitura do Rio. A operação cumpre diligências nos bairros da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Copacabana, além da cidade de Angra dos Reis.

São alvos dos mandados a sede da Riotur, na Cidade das Artes, e endereços ligados ao presidente da Riotur, Marcelo Alves, e seu irmão Rafael Alves. O MPRJ não divulgou outras informações, devido ao sigilo do processo.

A operação é realizada pelo Grupo de Atribuição Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça em conjunto com a Coordenadoria de Investigações de Agentes com Foro da Polícia Civil, com apoio de agentes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência.

Última atualização por Diana Cheng - 10/03/2020 - 9:34

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web