Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Mukesh Ambani, homem mais rico da Ásia, oferece TVs de graça para vencer rivais

05/09/2019 - 9:11
Tv
Bilionário indiano quer atrair usuários para filmes e programas de entretenimento via Internet (Imagem: Valter Campanato/agência Brasil)

Três anos depois de entrar no mercado indiano de telefonia móvel com ligações e dados gratuitos, o bilionário Mukesh Ambani está de volta.

Desta vez, o homem mais rico da Ásia está distribuindo televisores para atrair usuários para filmes e programas de entretenimento via Internet. O magnata estreia em um negócio repleto de concorrentes, como operadoras de telefonia móvel e gigantes como  Netflix (NFLX34)e Amazon (AMZO34).

O pacote de banda larga JioFiber, de Ambani, com previsão de lançamento nesta quinta-feira em toda a Índia, inclui um televisor de alta definição e decodificadores, sem nenhum custo para assinantes anuais vitalícios.

A oferta da Reliance Jio Infocomm, a gigante de telefonia móvel do magnata, inclui assinaturas para a maioria dos serviços de streaming premium, com preços a partir de 700 rupias (cerca de US$ 10) por mês.

A promoção segue o dado de que a Jio formalmente subiu para o 1º lugar no ranking de serviços sem fio. A oferta de ligações gratuitas e dados baratos atraiu centenas de milhões de assinantes e desafiou rivais como Bharti Airtel e Vodafone Idea, que estão atoladas em dívidas.

A Airtel, financiada pelo magnata Sunil Mittal e pela Idea, do bilionário Kumar Mangalam Birla, também tenta atrair usuários oferecendo acesso ao conteúdo de TV e filmes.

Para conseguir expandir no negócio de streaming contra concorrentes com recursos, como Netflix, Amazon.com e o Hotstar, da Disney, a Jio precisará ir além da oferta de acesso mais barato por meio de serviços agregados, disse Shailesh Kapoor, fundador e presidente da consultoria Ormax Media, com sede em Mumbai.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Até agora, a empresa de telecomunicações dependeu de alianças com produtores de TV e cinema para fornecer conteúdo em seus pacotes de serviços.

O JioFiber também incluirá filmes que podem ser vistos pelos assinantes no mesmo dia em que estrearem nos cinemas, disse Ambani em discurso para divulgar o plano em 12 de agosto. Essa parte do serviço será lançada a partir do segundo semestre de 2020, disse.

O JioFiber, que, segundo Ambani, está sendo oferecido por “menos de um décimo das taxas globais”, também pode abalar o mercado de streaming se a Jio produzir seu próprio conteúdo e contratar os melhores talentos para isso, disse Kapoor.

Última atualização por Lucas Simões - 05/09/2019 - 9:11

Lucro da Guararapes cai 56,5% no trimestre e totaliza R$ 440 milhões