Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Neiman Marcus planeja fechar loja do Hudson Yards em Nova York

26/07/2020 - 19:00
Neiman Marcus
Em maio, a Neiman Marcus, com sede em Dallas, pediu proteção contra credores sob o Capítulo 11 da Lei de Falências dos EUA e agora tenta administrar o impacto da pandemia e a enorme dívida (Imagem: Facebook/Neiman Marcus)

A Neiman Marcus, varejista de luxo em processo de recuperação judicial, anunciou que vai fechar permanentemente sua loja no Hudson Yards, na cidade de Nova York, juntamente com outras três unidades nos Estados Unidos.

A decisão de fechar a loja do Hudson Yards ocorre pouco mais de um ano após a pomposa abertura do shopping no megaprojeto em março de 2019.

A loja de três andares – a primeira da Neiman Marcus em Manhattan – serviu como âncora para atrair consumidores para o empreendimento no extremo oeste da cidade.

O shopping Shops & Restaurants no Hudson Yards, além de outros milhares de estabelecimentos de varejo nos EUA, fechou as portas no início deste ano em meio às medidas para conter a propagação da Covid-19.

Embora lojas comecem a reabrir, a pandemia desafiou ainda mais o setor de varejo que já enfrentava uma crise, e os pedidos de recuperação judicial se aceleraram.

Em maio, a Neiman Marcus, com sede em Dallas, pediu proteção contra credores sob o Capítulo 11 da Lei de Falências dos EUA e agora tenta administrar o impacto da pandemia e a enorme dívida.

A varejista também disse que planeja fechar lojas em Fort Lauderdale e Palm Beach, na Flórida, e Bellevue, Washington. Os planos foram divulgados anteriormente na sexta-feira pela CNBC.

No shopping do Hudson Yards, outros inquilinos incluem a varejista japonesa de artigos para o lar Muji, cuja divisão nos EUA também entrou com pedido de recuperação judicial.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 24/07/2020 - 14:09