Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Nomura planeja trabalho flexível permanente em NY e Londres

22/11/2020 - 14:19
Nomura
A mudança proporcionaria a “combinação certa” de flexibilidade e equilíbrio entre vida profissional e pessoal, mantendo a produtividade e o contato presencial (Imagem: Site da Nomura)

A Nomura planeja implementar trabalho flexível de forma permanente para sua equipe no exterior, reforçando o número de empresas financeiras globais a avaliarem a medida em meio à pandemia.

Embora o planejamento esteja em estágio inicial, a Nomura vê “apetite e capacidade de apoiar um modelo operacional no qual 50% de nossa força de trabalho corporativa em nossos escritórios internacionais trabalhará remotamente a qualquer momento”, disse a empresa em memorando interno visto pela Bloomberg.

A maior corretora do Japão se une a bancos, como Standard Chartered e Deutsche Bank, que também estudam adotar regimes de trabalho flexíveis mesmo após o fim da crise de saúde. Tal medida pode permitir que a Nomura reduza o espaço de escritórios, disse o CEO Kentaro Okuda no início do ano.

A mudança proporcionaria a “combinação certa” de flexibilidade e equilíbrio entre vida profissional e pessoal, mantendo a produtividade e o contato presencial, disse a Nomura no memorando, que foi enviado nos últimos meses e continua em discussão.

Um porta-voz da Nomura em Londres não quis comentar.

Os níveis individuais de trabalho remoto dependeriam de uma variedade de fatores, incluindo função, circunstâncias pessoais, clientes e regulamentos, segundo o documento. A divisão corporativa da Nomura desempenha funções que vão desde finanças até gestão de risco, conformidade e recursos humanos.

A empresa de Tóquio trabalha em uma plataforma que permite aos funcionários realizar reuniões e compartilhar informações, independentemente de onde estejam, de acordo com o memorando. A empresa está distribuindo aparelhos portáteis como laptops e atualizando tecnologia para melhorar a conectividade, disse.

A Nomura também estuda como mudar o layout dos escritórios, inclusive para fornecer mais espaço para reuniões e descanso. A empresa tinha 11.062 funcionários fora do Japão em setembro, sendo 2.765 na Europa e 2.157 nas Américas.

Pelo menos outra empresa financeira japonesa estuda medida semelhante. O Mizuho Financial se prepara para reduzir o espaço ocupado em escritórios em Cingapura, uma mudança que foi acelerada pela pandemia, disseram pessoas com conhecimento do assunto. O banco já sinalizou planos para reduzir o espaço em Nova York e em Londres depois de determinar que a produtividade dos funcionários se manteve enquanto trabalhavam em casa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 22/11/2020 - 14:19