Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Nova MP libera R$ 228 mi para ações anti-covid do Ministério da Cidadania

27/10/2020 - 13:47
Ministério da Cidadania
Medidas provisórias são normas com força de lei editadas pelo presidente da República em situações de relevância e urgência (Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado)

O Congresso Nacional recebeu pedido do governo para liberação de mais R$ 228 milhões para o Ministério da Cidadania aplicar nas ações de enfrentamento da crise provocada pelo coronavírus.

A Medida Provisória 1.008/2020, que prevê a destinação dos recursos, está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (27).

O dinheiro será obtido por meio de endividamento interno e, segundo o governo, em operação de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/2000).

Medidas provisórias são normas com força de lei editadas pelo presidente da República em situações de relevância e urgência.

Apesar de produzir efeitos jurídicos imediatos, a MP 1.008/2020 é submetida ao Senado e da Câmara para se converter definitivamente em lei ordinária.

Embora as medidas provisórias devam ser votadas pelas duas Casas do Congresso, o presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, anunciou em abril que não pautaria as matérias que liberam recursos para o combate à covid-19.

O dinheiro, argumentou Davi, já pode ser gasto imediatamente, mesmo sem a aprovação do Poder Legislativo, pois MPs passam a produzir efeitos assim que são publicadas e enquanto estiverem em vigência.

Caso o dinheiro previsto nessas MPs de crédito não tenha sido todo empenhado até o fim do prazo de validade da MP, qualquer saldo não poderá mais ser desembolsado.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 27/10/2020 - 13:47