Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Novo governo de Israel inicia, e era Netanyahu chega ao fim

14/06/2021 - 11:31
Naftali Bennett
“Se estamos destinados a ir para a oposição, nós o faremos de cabeça erguida até podermos derrubá-lo”, disse ele ao Parlamento antes de Bennett tomar posse (Imagem: Menahem Kahana/Pool via REUTERS)

O primeiro governo israelense em 12 anos a não ser liderado por Benjamin Netanyahu começou a trabalhar nesta segunda-feira, quando o ex-primeiro-ministro se absteve de comparecer a uma cerimônia de troca de comando com o sucessor, Naftali Bennett.

O período recorde do líder de direita no cargo terminou no domingo, quando o Parlamento aprovou pela margem apertada de 60 a 59 uma nova gestão comandada por Bennett, um nacionalista cujas opiniões espelham muitas das de Netanyahu em diversos temas.

Em Tel Aviv, milhares comemoraram o desfecho depois de quatro eleições inconclusivas em dois anos.

“Estou aqui comemorando o fim de uma era em Israel“, disse Erez Biezuner na Praça Rabin.

Combativo, Netanyahu, de 71 anos, disse que voltará antes do que se espera.

“Se estamos destinados a ir para a oposição, nós o faremos de cabeça erguida até podermos derrubá-lo”, disse ele ao Parlamento antes de Bennett tomar posse.

A cerimônia tradicional de troca de governo não foi agendada na casa do premiê, onde se acreditava que Netanyahu se reuniria com Bennett ainda nesta segunda-feira para inteirá-lo de assuntos de Estado.

Da última vez em que foi afastado da liderança de Israel, em 1999, Netanyahu encerrou o primeiro mandato com uma taça de vinho na mão e palavras afáveis de acolhida ao então líder do Partido Trabalhista, Ehud Barak, que o havia derrotado na eleição.

“Amargo, ranzinza, nada estadista – como Trump até o último momento”, escreveu Yossi Verter, comentarista de assuntos políticos, no jornal de inclinação de esquerda Haaretz.

Combativo, Netanyahu, de 71 anos, disse que voltará antes do que se espera (Imagem: Facebook/Benjamin Netanyahu)

Indagado por que não haveria tal cena agora, Topaz Luk, assessor sênior de Netanyahu, disse à Rádio do Exército: “É o que acontece.”

Netanyahu, disse ele, está “cheio de motivação para depor este governo perigoso o mais rápido possível”. Luk não quis revelar a estratégia de retorno de Netanyahu, ressaltando somente a margem estreita de apoio do novo governo no Parlamento.

Ele ainda disse que o governo estreante está recebendo informes dos assessores diplomáticos e de segurança de Netanyahu para garantir uma transição ordeira.

Com pouca coisa em comum além do desejo de destronar Netanyahu, a coalizão heterodoxa de partidas de direita, centro, esquerda e árabes planeja evitar medidas abrangentes em temas controversos, como as políticas para os palestinos, e se concentrar em reformas domésticas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Rafael Borges - 14/06/2021 - 11:31

Pela Web