Novos adidos agrícolas preparam-se para tomar posse em missões no Exterior

24/11/2021 - 8:59
O Ministério da Agricultura explica no comunicado que os adidos desempenham missões permanentes de assessoramento (Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil)

O Brasil terá 12 novos adidos agrícolas, que se preparam para tomar posse em missões diplomáticas brasileiras no exterior.

Desses, 11 vão substituir adidos em postos que já estavam estabelecidos. A cidade de Berlim, na Alemanha, terá, pela primeira vez, com um adido agrícola, informa o Ministério da Agricultura.

Conforme o governo, os adidos agrícolas designados participam nesta semana do 2º módulo de treinamento de início de missão, com programação nos Ministérios da Agricultura, e das Relações Exteriores e na Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Com a posse dos novos adidos, o Brasil terá 28 adidos agrícolas brasileiros em representações diplomáticas no exterior.

O Ministério da Agricultura explica no comunicado que os adidos desempenham missões permanentes de assessoramento.

Têm o papel de identificar oportunidades, desafios e possibilidades de comércio, investimentos e cooperação para o agronegócio brasileiro.

Para isso, têm interlocução com representantes dos setores público e privado, assim como interagem com relevantes formadores de opinião, na sociedade civil, imprensa e academia.

A duração da missão de assessoramento em assuntos agrícolas poderá chegar a quatro anos consecutivos, não prorrogáveis, contados da data de apresentação do adido agrícola à representação diplomática para a qual tiver sido designado.

Última atualização por Rafael Borges - 24/11/2021 - 9:00

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web