Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Nubank tem prejuízo em 2019, mas base de clientes fica 3,3 vezes maior

27/02/2020 - 11:52
Fachada do escritório da Nubank
Em 2019, o Nubank lançou a fase de testes para empréstimo pessoal, elegendo quase 2 milhões de clientes para a modalidade (Imagem: Divulgação/Nubank)

O Nubank reportou prejuízo contábil líquido de R$ 313 milhões em 2019, considerando sua operação no Brasil. Segundo a fintech, o valor negativo pode ser explicado pelos investimentos que a empresa realizou no período.

“Como 2019 foi um ano focado em crescimento, conforme o projetado, as despesas operacionais aumentaram. Escolhemos investir, crescer e oferecer serviços a mais pessoas”, disse a instituição.

A base de clientes no país, por sua vez, multiplicou 3,3 vezes, de 6 milhões para 19,7 milhões. A receita bruta total, incluindo a receita operacional e financeira, totalizou R$ 2,1 bilhões, número 1,9 vezes maior do que o registrado em 2018.

O Nubank destacou que a maior parte desse crescimento veio de forma orgânica, principalmente por indicações dos próprios usuários.

A empresa reduziu 10,4% o índice de inadimplência da carteira total acima de 90 dias, tendo encerrado o ano em 6,6%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Produtos lançados

Em 2019, o Nubank lançou a fase de testes para empréstimo pessoal, elegendo quase 2 milhões de clientes para a modalidade. Além disso, foi criado uma conta PJ voltada para pequenas negócios.

Novas funcionalidades apareceram, como o pagamento por DOC, a recarga de celular e o débito para compras online.

A fintech também inaugurou seu primeiro escritório no México, anunciando na região o cartão de crédito Nu, atualmente em fase beta.

“Tanto no México quanto no Brasil, a missão do Nubank com seus clientes não muda: continuamos determinados a oferecer soluções práticas, transparentes e que realmente ajudem as pessoas a se livrar da burocracia desnecessária do mercado financeiro”, completou o banco.

Última atualização por Diana Cheng - 27/02/2020 - 11:52