Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Números operacionais da Helbor sustentam projeção de alta de 50% para as ações, aponta Ágora

24/07/2020 - 11:24
Atria Alphaville Helbor
A Ágora aumentou seu preço-alvo para as ações e conta com um potencial de valorização de 51,5%(Imagem: Divulgação/Helbor)

A Ágora Investimentos avaliou os números da prévia operacional da Helbor (HBOR3) divulgados na quarta-feira (22) e aumentou o seu preço-alvo para as ações da companhia para R$ 4,50 por papel, o que mostra um potencial de valorização de 51,5%.

As vendas totais da companhia atingiram R$ 219,4 milhões no segundo trimestre de 2020. O montante representa uma queda de 45,2% em relação ao mesmo período de 2019, quando o valor havia alcançado R$ 400,2 milhões.

Entre abril e junho deste ano, a incorporadora não realizou lançamentos. No entanto, a recuperação das vendas a partir de junho deve acelerar a entrega dos projetos.

O último mês foi marcado pela entrega do primeiro empreendimento residencial da Helbor em Alphaville, o Atria Alphaville, com 78 unidades e VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 139,4 milhões.

“Embora a Helbor não tenha lançado nenhum projeto no primeiro semestre de 2020, as vendas vieram mais fortes do que o esperado. Além disso, incorporamos nosso modelo de menor custo de capital”, explicou a Ágora, sobre sua decisão de manter a recomendação de compra e aumentar o preço-alvo das ações.

Helbor HBOR3
Na avaliação do BTG, em geral, os números operacionais foram fracos trimestre, mas a empresa poderá retomar os lançamentos no 3º trimestre (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Outras análises

O BTG Pactual também avaliou positivamente o aumento das vendas da construtora no mês de junho, de acordo com o relátorio enviado ao mercado. No mês, os negócios foram 84% maiores do que abril, atingindo 85% dos níveis pré-Covid.

Na avaliação do banco, em geral, os números operacionais foram fracos trimestre, mas a empresa poderá retomar os lançamentos no 3º trimestre, pois possui um forte quadro de projetos. Sendo assim, o BTG manteve sua recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 3,30.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 24/07/2020 - 11:24