Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

O déficit hídrico atrapalhará a EDP Brasil? Credit Suisse e BTG acreditam no potencial das ações

Giovana Leal
15/10/2021 - 11:49
EDP Energias do Brasil
Credit Suisse espera bons volumes da EDP Brasil, mas acredita que pressão negativa do déficit hídrico possa surgir (Imagem: Youtube/EDP Energias do Brasil)

Após a divulgação da prévia operacional de volumes para o 3T21 da Energias do Brasil (EDP Brasil – ENBR3), os bancos Credit Suisse e BTG Pactual acreditam que o desempenho positivo pode beneficiar os papéis da companhia.

A EDP Brasil registrou 6.446 GWh em volume de energia distribuída no 3º trimestre deste ano, aumento de 4,2% ante o mesmo período de 2020. O bom resultado é consequência da recuperação da atividade econômica, o que refletiu no aumento da produção industrial e da atividade comercial.

Além disso, as vendas totais de energia aumentaram 4,9% a/a, devido à vendas de ativos hídricos 8,5% maiores.

Próximos resultados

O Credit Suisse espera bons volumes da EDP Brasil, mas acredita que uma pressão negativa dos custos de déficit hídrico possa surgir.

“Acreditamos que os resultados da EDP Brasil devem ser beneficiados pelos volumes positivos entregues pelas unidades Disco, embora se espere que o segmento GenCo seja fortemente afetado pela má situação hídrica durante o trimestre, apesar de maiores volumes vendidos, o que pode compensar parcialmente os bons números da DisCos”, afirmou o Credit Suisse.

Em relatório, o BTG ressaltou que, na frente de geração, e a fim de mitigar os impactos da má hidrologia, o EDB protegeu 32% de seu portfólio para o 3º tri, por meio de compras e alocação mais energia.

“A EDP Brasil manteve sua estratégia de proteção do portfólio, através de compra de energia adicional para mitigação dos riscos relativos ao GSF (risco hidrológico) e da oscilação do PLD (preço de liquidação das diferenças)”, divulgou a EDP Brasil, em comunicado ao mercado.

As ações da EDP Brasil

O Credit Suisse acredita que a companhia pode melhorar os resultados, aprimorando seu desempenho de custos. Para o banco, a holding do setor elétrico possui volumes positivos, ajudados por melhores perspectivas econômicas.

O BTG concorda com o potencial dos papéis e reitera que a recuperação da companhia continua.

Diante deste cenário, o Credit Suisse espera um desempenho para as ações da Energias do Brasil melhor do que a média do mercado (outperform). Já o BTG afirma sua indicação de compra dos papéis, com preço-alvo de R$ 23,00.

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Última atualização por Giovana Leal - 25/10/2021 - 8:41

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web