Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

O fundo imobiliário para enfrentar a inflação e com retorno de 12%

25/09/2021 - 15:20
Fundos Imobiliários
Atualmente, o portfólio do fundo conta com 47,4% em crédito, 38,9% alocado em outras cotas de fundos imobiliários e o restante em ativos de renda fixa com alta liquidez (Imagem: Unsplash/Divulgação)

Com a inflação galopante, ter investimentos mais resilientes ao aumento de preços é mais do que bem vindo. Esse parece o caso do fundo imobiliário Capitânia Securities II (CPTS11). A XP reiterou a recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 99,2. 

Segundo os analistas Ronaldo Candiev, Renan Manda e Maria Fernanda Violatti, o ativo, que atua no segmento de papéis, possui perfil defensivo, com  44% do PL em ativos marcados ao preço médio de IPCA + 5,9%.

“Esperamos um retorno total de 12,3% nesse ativo para os próximos 12 meses, sendo 2,1% advindo de ganho de capital e 10,1% advindo dos rendimentos do fundo”, calculam. 

Atualmente, o portfólio do fundo conta com 47,4% em crédito, 38,9% alocado em outras cotas de fundos imobiliários e o restante em ativos de renda fixa com alta liquidez.

“O portfólio de crédito possui grande diversificação de segmentos e também um mix de ativos com maior risco e retorno e de menor risco”, argumentam.

Em 2021, o fundo acumula alta de 5,6%, com um valor de mercado de R$ 2,5 bilhões.

“O CPTS11 figura entre um dos mais líquidos e maiores fundos de papel da indústria”, destacam. 

Para os próximos 12 meses, os analistas calculam em 12,3% o retorno de dividendos.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 25/09/2021 - 15:20

Cotações Crypto
Pela Web