Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

O que está mexendo com o mercado? Veja as principais notícias desta tarde

21/09/2020 - 13:32
Nasdaq Ações Mercados
Veja os destaques desta tarde (Imagem: Reuters/Andrew Kelly)

1. Com exterior negativo, Ibovespa à vista recua

O tom negativo prevalecia nesta desta segunda-feira (21) na bolsa paulista, contaminado pela aversão a risco nos mercados globais, em meio a preocupações com a possibilidade de novos lockdowns por causa do aumento de casos de Covid-19, entre outros fatores.

Por volta das 13h30, o Ibovespa caía 1,63 %, a 96.685,83 pontos.

Notícias de que alguns bancos no exterior movimentaram grandes somas de fundos supostamente ilícitos nas últimas duas décadas também adicionavam pressão às bolsas na Europa e futuros norte-americanos.

Nos Estados Unidos, o S&P 500 perdia 2,2%, enquanto índice acionário londrino FTSE 100 caía mais de 3,15%. Os preços do petróleo também recuavam, assim como o futuro do minério de ferro caiu na China.

A semana no mercado acionário brasileiro também começa com vencimento de opções sobre ações, enquanto a cena corporativa inclui anúncio da CSN de que aprovou realização de IPO da sua unidade de mineração.

2. Especialistas elevam perspectiva para inflação em 2020 pela 6ª vez, a 1,99%

O mercado voltou a elevar a expectativa para a inflação este ano em meio às renovadas preocupações sobre a alta dos preços, ao mesmo tempo em que melhorou mais uma vez a perspectiva para a economia, de acordo com a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira.

O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA em 2020 agora é de 1,99%, contra 1,94% na semana anterior e meta de 4%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos. Foi a sexta semana seguida em que houve aumento da projeção.

Os Índices Gerais de Preços (IGP) vêm mostrando forte salto dos preços no atacado, o que preocupa o mercado em geral, deixando-o de olho na reação do BC, que divulgará a ata de sua última reunião de política monetária na terça-feira.

3. Deutsche Bank diz que PIB global deve atingir níveis pré-Covid em meados de 2021

A produção econômica mundial retornará aos níveis pré-pandemia em meados de 2021, após uma recuperação econômica mais forte do que o esperado nos últimos meses, disse o Deutsche Bank nesta segunda-feira (21), mas os níveis de dívida aumentaram e uma mudança nas políticas monetárias pode aumentar o risco de uma crise financeira.

“A recuperação econômica global diante das profundezas da crise da Covid-19… avançou significativamente mais rápido do que imaginávamos”, escreveu Peter Hooper, chefe global de pesquisa econômica do Deutsche em nota a clientes.

“À medida que o terceiro trimestre se aproxima do fim, estimamos que o nível do PIB global tenha andado cerca de metade do caminho de volta a seu nível anterior ao vírus, e agora vemos essa jornada sendo concluída em meados do próximo ano, alguns trimestres antes da nossa previsão anterior.”

O Deutsche Bank elevou sua projeção para o PIB global, esperando contração de 3,9% este ano, depois de prever em maio uma perda de 5,9% em 2020. Para 2021, o Deutsche aumentou sua projeção de crescimento de 5,3% para 5,6%.

4. Vulcabras fecha acordo com Alpargatas para comprar operação da Mizuno no Brasil

Vulcabras (VULC3) fechou acordo com a Alpargatas (ALPA3) para a compra da unidade de negócio relativa à operação da marca ‘Mizuno’ no Brasil, pela qual pagará 32,5 milhões de reais, de acordo com fato relevante das duas companhias.

A unidade compreende os ativos (excluindo os industriais) e as atividades de comercialização dos produtos Mizuno (incluindo e-commerce e as lojas operados exclusivamente sob a marca), bem como a relação contratual com a Mizuno Corporation.

A estrutura de pagamento prevê que os recebíveis não serão transferidos para a Vulcabras, enquanto a Vulcabras irá pagar o valor estimado de 32,5 milhões de reais, sendo 10 milhões de reais até o fechamento da operação e o valor remanescente em até 5 dias úteis após a determinação do valor final, ajustado pelo estoque a ser apurado no momento do fechamento do negócio.

“O fechamento da operação está sujeito ao cumprimento de determinadas condições precedentes, incluindo a segregação de tal unidade de negócio em uma nova sociedade, a assinatura entre Vulcabras e Mizuno Corporation de um contrato de distribuição e a aprovação da operação junto ao Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência, e apenas acontecerá após o cumprimento destas”, disse a Alpargatas

5. Confiança da indústria no Brasil deve saltar a máxima desde 2013 em setembro, diz FGV

A confiança da indústria brasileira deve avançar em setembro e registrar o nível mais alto em mais de sete anos devido a melhoras nas perspectivas dos empresários, disse a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira,

A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) de setembro sinaliza avanço de 7,2 pontos, a 105,9 pontos, resultado que, caso se confirme, seria o mais alto desde janeiro de 2013.

Segundo a FGV, “o crescimento da confiança nesta prévia decorre tanto da avaliação positiva dos empresários em relação ao presente quanto do otimismo para os próximos meses.”

O Índice de Situação Atual teve alta de 8,9 pontos na prévia deste mês, a 106,7 pontos, enquanto o Índice de Expectativas avançou 5,5 pontos, a 105,1 pontos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 21/09/2020 - 13:32

Cotações Crypto
Pela Web