Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Oferta de Elon Musk para comprar o Twitter (TWTR) não passa de um blefe? Para este economista, a resposta é sim

Tamires Vitorio
13/05/2022 - 8:30
Elon Musk compra Twitter (TWTR)
Musk desistiu, por ora, de comprar o Twitter (REUTERS/Dado Ruvic)

O homem mais rico do mundo parecia ávido em comprar o Twitter (TWTR) até algumas semanas atrás. Em uma oferta bilionária que envolveu o apoio até mesmo de um príncipe da Arábia Saudita, tudo parecia correr bem e em direção à compra.

Mas, nesta sexta-feira (13), Elon Musk tuitou que o acordo para a compra da rede social está “temporariamente suspenso”.

“O acordo [para comprar] o Twitter está temporariamente suspenso por conta de detalhes pendentes que suportam o cálculo de que contas falsas/spam representam, de fato, menos de 5% dos usuários”, escreveu o homem mais rico do mundo, citando uma reportagem da Reuters de 11 dias atrás.

Logo que o bilionário dono da Tesla e da SpaceX fez a postagem em seu perfil na rede social, o economista chefe e estrategista global da Europac, Peter Schiff, afirmou que todo o processo de uma possível compra do Twitter por Musk não passou de um blefe.

“Parece que eu estava certo o tempo todo. Você nunca teve a intenção de comprar Twitter. Você estava blefando o tempo todo. Quantas ações do Twitter você vendeu antes de tuitar este anúncio?”, questionou ele.

Em alguns comentários no tuite de Musk, pessoas afirmam que o bilionário decidiu esperar para comprar a rede social “com desconto” após averiguar a quantidade de contas falsas que fazem parte do ecossistema do Twitter. Até o momento, tudo não passa de especulação.

Essa não é a primeira vez que Schiff comenta uma das decisões de Musk na rede social.

Desde que Musk anunciou a oferta que fez para adquirir o Twitter, Schiff ironiza os comentários do homem mais rico do mundo sobre como ele vai “melhorar a rede social”. Em um dos tuites mais recentes, Schiff afirmou: “Eu quis dizer envelhecer “bem”, não “vai” envelhecer. Estou sentado em uma cadeira esperando para fazer uma entrevista na TV. Então eu fui apressado. @elonmusk, por favor, arrume isso”.

Fato é que a novidade de Musk fez com que as ações do Twitter derretessem.

Por volta das 7h50 (horário de Brasília), os papéis recuavam 15,9%, a US$ 37,97 – patamar de março deste ano. Os papéis dispararam principalmente em abril, após Musk confirmar a intenção de comprar a plataforma.

Já as ações da Tesla (TSLA) subiram mais de 5% após a notícia. Desde que Musk anunciou que queria comprar o Twitter, os papéis da montadora caíram cerca de 25%.

As ‘tretas’ não acabam

Uma outra briga entre o bilionário e o economista aconteceu em fevereiro de 2021, no auge do envolvimento de Musk com as criptomoedas.

“Duas semanas depois que @elonmusk anunciou que gastou US$ 1,5 bilhão em dinheiro de acionistas comprando Bitcoin, as ações #Tesla entraram em um mercado de baixa, caindo 20% de seu recorde histórico em 25 de janeiro e 16% desde a divulgação do #Bitcoin comprar. Não é um exemplo que outros CEOs provavelmente seguirão!”, escreveu Schiff.

Em resposta ao economista, Musk tuitou um emoji de berinjela, conhecido na internet por representar o órgão sexual masculino.

Última atualização por Tamires Vitorio - 13/05/2022 - 8:31

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de tecnologia?
Receba toda sexta-feira as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto