Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Oi aceita oferta de R$ 16,5 bilhões da Claro, Tim e Vivo por unidade móvel

07/09/2020 - 22:20
Oi OIBR3
De acordo com o documento, R$ 756 milhões referem-se a serviços de transição a serem prestados por até 12 meses pela Oi (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

A Oi (OIBR3) anunciou nesta segunda-feira (7) que aceitou a oferta de R$ 16,5 bilhões por sua unidade móvel feita por um consórcio formado pelas operadoras Claro, Tim (TIMP3) e Vivo (VIVT4), mostra um comunicado enviado ao mercado.

De acordo com o documento, R$ 756 milhões referem-se a serviços de transição a serem prestados por até 12 meses pela Oi, acrescido do compromisso de celebração de contratos de longo prazo de prestação de serviços de capacidade de transmissão junto à Oi, na modalidade take or pay.

O valor presente líquido, calculado para fins e na forma prevista no Aditamento ao Plano de Recuperação Judicial é de R$ 819 milhões.

As operadoras ficam, assim, qualificadas para participarem do processo competitivo de alienação na condição de “stalking horse”, o que confere o direito de, a seu exclusivo critério, cobrir a oferta de maior valor que seja eventualmente apresentada no processo competitivo, no mínimo 1% superior.

“A Oi reitera seu compromisso com a execução de seu Plano Estratégico e o foco na sua transformação em maior provedora de infraestrutura de telecomunicações do país, a partir da massificação da fibra ótica e internet de alta velocidade, do provimento de soluções para empresas e de infraestrutura para viabilizar a evolução para o 5G, voltada para negócios de maior valor agregado e com tendência de crescimento e visão de futuro”, informa a empresa.

Veja o documento:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 07/09/2020 - 22:20