Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Oi encerra 2019 com prejuízo de R$ 8,7 bilhões

26/03/2020 - 9:19
Oi OIBR3
No trimestre, a empresa de telefonia registrou prejuízo líquido consolidado de R$ 2,1 bilhões (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

A Oi (OIBR3;OIBR4) reportou prejuízo líquido consolidado de R$ 2,1 bilhões no quarto trimestre de 2019, de acordo com o relatório divulgado ontem (25). O valor representa uma melhora em relação ao mesmo intervalo do ano anterior, quando a companhia registrou valor negativo de R$ 5,6 bilhões.

No acumulado, a Oi reverteu o lucro de R$ 24,6 bilhões e encerrou o ano passado com prejuízo de R$ 8,7 bilhões.

O prejuízo líquido ajustado foi de R$ 2,2 bilhões no trimestre e R$ 9 bilhões no ano.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A receita líquida total caiu 8,4% na base trimestral, passando de R$ 5,3 bilhões para R$ 4,9 bilhões. O resultado foi influenciado principalmente pela queda acentuada do segmento de outros serviços.

Outro segmento que segue em tendência de retração e influenciou os números das receitas é o pré-pago, impactado pela redução das tarifas de interconexão e pelo processo de migração de voz para dados. A Oi disse que tem intensificado o processo de migração de clientes pré-pago para ofertas mais atraentes no pós-pago.

De janeiro a dezembro, a receita líquida retraiu 8,7%, tendo o valor atingido R$ 20,1 bilhões.

O Ebitda de rotina caiu 19,1% no trimestre e totalizou R$ 1 bilhão. No ano, o montante atingiu R$ 4,4 bilhões, representando uma queda de 23,7%.

Veja o relatório na íntegra:

Última atualização por Diana Cheng - 26/03/2020 - 9:19