Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Oi (OIBR4): O que falta para a saída da recuperação judicial?

Kaype Abreu
22/04/2022 - 14:22
OIBR
Com o valor adicional já recebido nesta semana, a Oi embolsou cerca de R$ 200 milhões a mais do que o mercado esperava. (Imagem: REUTERS/Ricardo Moraes)

O único grande passo restante para a Oi (OIBR4) sair da recuperação judicial é a aprovação da venda do controle da unidade de infraestrutura de fibra V.Tal para os fundos geridos pelo BTG Pactual – o que deve acontecer nas próximas semanas, disse a equipe de análise do banco nesta semana.

A operadora concluiu a venda da unidade móvel nesta semana por R$ 15,9 bilhões, acima dos R$ 15,8 bilhões esperados pelo mercado devido a um ajuste de R$ 178 milhões referente à geração de caixa até o fechamento da operação.

90% do pagamento foi feito nesta semana (R$ 14,5 bilhões) e o restante será retido pelos compradores por até 120 dias, devido a quaisquer ajustes pós-fechamento. O BTG diz acreditar que o valor total será pago à empresa.

“A Oi também poderá receber R$ 294 milhões adicionais das operadoras até o final do primeiro trimestre de 2023, vinculado ao cumprimento de certas metas relacionadas a radiofrequências e base de clientes, sendo R$ 50 milhões já recebidos hoje (além do pagamento do principal a operação móvel)”, diz.

Dinheiro a mais para OIBR4

Com o valor adicional já recebido nesta semana, a Oi embolsou cerca de R$ 200 milhões a mais do que o mercado esperava para sua operação móvel. Os contratos de fornecimento de capacidade take-or-pay com a V.Tal também foram assinados nesta semana.

Segundo o BTG, em relatório assinado por Carlos Sequeira e Osni Carfi, esses contratos têm valor presente líquido de R$ 819 milhões e o pagamento será feito pelos compradores em parcelas mensais nos próximos 10 anos.

Vivo (VIVT3), Claro e TIM (TIMS3) também pagaram à Oi R$ 586 milhões por serviços de transição a serem prestados pela empresa nos próximos 12 meses, destaca o banco, que diz não considerar o valor em suas estimativas, “uma vez que a Oi deverá gastá-lo durante o referido período de transição”.

Para o BTG, o pagamento à vista é claramente ótimo para a Oi, pois aumenta seu fluxo de caixa. E se puder gastar menos que isso, a diferença se torna um ganho adicional para a Oi, diz.

A dívida de R$ 4,64 bilhões da operadora com o BNDES também foi paga nesta semana, anunciando o início do processo de redução de seu passivo. A próxima dívida a pagar são os títulos de 2026, que será feito em 26 de abril, segundo o BTG.

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Siga o Money Times no Instagram!

Conecte-se com o mercado e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre as notícias que enriquecem seu dia! Sete dias por semana e nas 24 horas do dia, você terá acesso aos assuntos mais importantes e comentados do momento. E ainda melhor, um conteúdo multimídia com imagens, vídeos e muita interatividade, como: o resumo das principais notícias do dia no Minuto Money Times, o Money Times Responde, em que nossos jornalistas tiram dúvidas sobre investimentos e tendências do mercado, e muito mais. Clique aqui e siga agora nosso perfil!

Última atualização por Kaype Abreu - 22/04/2022 - 14:23

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto