Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

OIBR3: prejuízo ou lucro na certa?

25/02/2020 - 8:23
Oi OIBR3 OIBR4
As ações da OIBR3 estão sendo especuladas há pelo menos um ano (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Você sabia que o caso da OIBR3, empresa de telefonia chamada Oi, surgiu muito antes da companhia levar esse nome? E que, na verdade, os problemas que vemos hoje são frutos de vários fatos.

Além disso, você conhece as curiosidades estranhas e inusitadas que aconteceram ao longo da vida da OIBR3? No vídeo de hoje, vamos te contar toda a história por trás da OIBR3 e, principalmente, o que está acontecendo agora no presente. Bem como, quais são os prováveis caminhos que ela irá percorrer em 2020.

As ações da OIBR3 estão sendo especuladas há pelo menos um ano. Isso porque, a empresa está em recuperação judicial. O centro da polêmica está no fato da empresa ter bilhões de reais em dívidas. Para alguns especialistas, existe chance de recuperação. Para outros, este papel na bolsa de valores não passa de um mico que está com um sobrevida.

Diante de várias polêmicas, a ação chegou a custar R$ 0,90 centavos, fazendo com que muitos investidores desavisados da situação da empresa, comprassem ações. Vale lembrar que a renda variável tem oscilações consideráveis no capital investido. Visando resguardar o patrimônio, é importante ter em mente que é viável deixar parte do dinheiro em empresas sólidas.

Entretanto, para alavancar o capital, vale a pena recorrer a empresas que são especuladas. Será este o caso da Oi? Você acha que esta ação é lucro na certa ou um prejuízo declarado?

Confira o vídeo para esclarecer todas as polêmicas envolvendo a OIBR3. Na mesma linha, trouxemos o professor Manfred Back para relatar mais a respeito desta empresa, bem como os rumos que ela pode tomar em 2020.

Se você gosta deste tipo de conteúdo, fique à vontade para nos deixar suas sugestões e comentários abaixo. Não se esqueça de se inscrever no nosso canal no Youtube.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Diana Cheng - 24/02/2020 - 17:44