Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Omega Geração fecha aquisição de projetos de energia eólica na Bahia; ações sobem

30/12/2019 - 14:20
Energia Elétrica Aneel
De acordo com a companhia, o complexo tem capacidade instalada de 50 MW (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A Omega Geração (OMGE3) divulgou fato relevante informando que celebrou com o Fundo de Investimentos em Participações em Infraestrutura Energias Renováveis um acordo vinculante para aquisição da totalidade das ações de emissão da CEA III – Centrais Eólicas Assuruá III SPE, detentora dos projetos de geração de energia eólica Laranjeiras III e Laranjeiras IX, localizados no interior da Bahia, na mesma região dos complexos eólicos ASSUAJá I e ASSUrUá II. O total da operação é de R$ 20 milhões.

Com isso, por volta das 14h17, as ações da companhia eram negociadas com leve alta de 0,19% a R$ 36,75.

De acordo com a companhia, o complexo tem capacidade instalada de 50 MW, e ambos projetos são vencedores dos Leilões de Energia Nova A-5 (LEN A-5) de 2014, com início da operação comercial (COD) em abril de 2019.

A transação confirma que os 2 mil MW de ativos a serem desenvolvidos na região de ASSUrUá, sobre os quais a companhia tem direito de primeira oferta, configuram importante vetor de crescimento para a Omega, replicando o bem-sucedido caso do Complexo Delta.

A transferência da totalidade das ações de emissão de CEA III resulta no pagamento em caixa no valor de R$ 20 milhões no âmbito de aquisição de 10% das ações de emissão de CEA III e entrega de 5 milhões de ações de emissão da Omega, no âmbito de incorporação de 90% das ações de emissão da CEA III.

A Aquisição foi aprovada em 27 de dezembro pelo Conselho de Administração da companhia e a Incorporação de ações será submetida à apreciação da assembleia geral, a ser oportunamente convocada.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 30/12/2019 - 14:20