Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Vitreo DTVM

Omega Geração vai crescer e aproveitar futuro promissor para energias renováveis, dizem analistas

07/11/2020 - 16:16
O Inter Research destacou o crescimento exponencial da capacidade instalada dos ativos controlados pela empresa, o que acaba beneficiando os resultados (Imagem: Divulgação/Omega)

Os resultados da Omega Geração (OMGE3) não chegaram a impressionar os analistas. Os números ficaram um pouco abaixo do esperado para o BTG pactual (BPAC11), tendo o Ebitda ajustado fechado próximo à estabilidade e atingido R$ 230,6 milhões (desconsiderando efeitos não-recorrentes).

De acordo com a Omega, seu desempenho no terceiro trimestre do ano foi afetado pela indisponibilidade de usinas. As eólicas tiveram o pior índice para um trimestre, enquanto a hidrelétrica de Serra das Agulhas foi impactada pelas fortes chuvas no começo do ano, levando-a a realizar reparos.

Por outro lado, o lucro líquido chegou a R$ 37,6 milhões no período, valor 19% em relação ao mesmo intervalo de 2019. O desempenho pode ser atribuído à melhora dos ativos.

“Enquanto a geração eólica tende a melhorar na segunda metade do ano, uma produção eólica maior começou mais tarde do que o normal no terceiro trimestre (agosto versus julho)”, mencionou o BTG.

O banco disse que a Omega está mais do que preparada para crescer agora que tem uma posição de caixa de R$ 1,9 bilhão. Boa parte do dinheiro será utilizada para pagar os ativos adquiridos recentemente pela empresa, que continua de olho em novas oportunidades de crescimento.

A recomendação do BTG para a ação da companhia é neutra, com preço-alvo para os próximos 12 meses de R$ 41.

O Inter Research também manifestou sua opinião sobre a Omega. Por mais que alguns números do balanço tenham decepcionado, o analista Rafael Winalda destacou o crescimento exponencial da capacidade instalada dos ativos controlados pela empresa, o que acaba beneficiando os resultados.

“A geração de valor para o acionista é baseada em negócios que apresentem um alto retorno com um risco condizente”, acrescentou. “O futuro do setor elétrico se passará muito pelas fontes renováveis, o que corrobora nosso otimismo com o papel”.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 07/11/2020 - 16:16