Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Omega prepara oferta de até 23,4 milhões de ações para bancar aquisições

24/08/2020 - 9:19
Ômega Geração
Bons ventos: Omega é especialista em energias renováveis (Imagem: Reprodução/Ômega Geração)

A Omega (OMGE3) realizará, nos próximos dias, uma oferta de ações para custear a “aquisição de ativos de geração de energia elétrica operacionais, que possam contribuir com a estratégia de crescimento e consolidação da companhia, bem como para a condução dos seus negócios ordinários”.

De acordo com o fato relevante divulgado nesta segunda-feira (24), a oferta inicial será de 17,370 milhões de ações ordinárias. A critério dos coordenadores da operação, um lote adicional de até 6,080 milhões de papéis poderá ser oferecido aos participantes.

A oferta será feita no Brasil e no exterior, e focará apenas nos acionistas, investidores profissionais qualificados e investidores institucionais.

A Omega acrescenta que, se a operação fosse realizada pela cotação de fechamento de sexta (21), isto é, R$ 37,42, a oferta inicial captaria R$ 650 milhões. Se o lote adicional fosse totalmente distribuído, a operação alcançaria R$ 877,5 milhões. O preço de venda será estabelecido por bookbuilding.

Pelo cronograma da oferta, hoje, começa o roadshow e o período de reserva na oferta prioritária. Em 1º de setembro, será determinado o preço por ação. Dois dias depois, os novos papéis começarão a ser negociados na B3.

Apetite de comprador

A Omega segue atenta a oportunidades de aquisição mesmo após uma recém-anunciada compra de usinas eólicas da Eletrobras (ELET3; ELET6), disse à Reuters, no início de agosto, o presidente da companhia, com a ressalva de que o momento em meio à pandemia de coronavírus ainda exige alguma cautela.

O CEO e fundador da empresa de energia renovável, Antonio Bastos Filho, afirmou que sinais recentes de que a recessão causada pelo vírus no Brasil não será tão drástica quanto imaginado antes permitiram à Omega voltar a analisar oportunidades de crescimento depois de uma pausa inicial.

No final de março, a companhia chegou a comunicar a suspensão de todos processos para possíveis aquisições dos quais participava, devido às incertezas geradas pela crise de saúde.

A Omega tem crescido rapidamente por meio da aquisição de ativos operacionais desde uma oferta pública inicial de ações realizadas em meados de 2017.

Na última semana de julho, a companhia informou a aquisição de parques eólicos operacionais da Eletrobras por R$ 1,5 bilhão, incluindo dívidas. Os empreendimentos, no Rio Grande do Sul, somam 582,8 megawatts em capacidade.

Veja o fato relevante da Omega.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 24/08/2020 - 9:19