Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Opep+ quer compensação maior de países que trapacearam em cortes

14/07/2020 - 15:38
Sede da Opep, em Viena
A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados estão restringindo a oferta, numa tentativa de reanimar um mercado de petróleo abalado pela crise de Covid-19 (Imagem: REUTERS/Leonhard Foeger)

Depois de determinar punições para trapaças nas cotas, a Opep+ tem algumas novas transgressões a serem consideradas.

Há um mês, o cartel descobriu que infratores, incluindo Iraque, Nigéria e Cazaquistão, não cumpriram cerca de 13% dos cortes de oferta que deveriam ter feito em maio.

A reunião de um comitê de supervisão na terça-feira concluiu que muitos desses membros se esforçaram mais em junho, mas ainda não fizeram o suficiente.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados estão restringindo a oferta, numa tentativa de reanimar um mercado de petróleo abalado pela crise de Covid-19.

O excesso de produção em maio, que totalizou 1,26 milhão de barris por dia, prejudicou esse esforço.

Em junho, o Iraque, a Nigéria e os outros retardatários da Opep produziram 380.000 barris por dia em excesso.

Os trapaceiros foram ordenados a compensar o feito com cortes extras de julho a setembro. Um cronograma de reparações foi acordado no mês passado, mas quando a Arábia Saudita, a Rússia e outros membros da aliança se reunirem na quarta-feira, eles poderão exigir penitência extra.

Os operadores de petróleo estarão observando esses “cortes de compensação” de perto. A Opep+ deve começar a diminuir seus limites de oferta de 9,6 milhões de barris por dia atualmente para 7,7 milhões em agosto.

Mas enquanto Riad, Moscou e os outros participantes bem-comportados conseguirem aumentar a produção no próximo mês, os infratores terão que manter um controle mais rígido.

Isso significa que o suprimento adicional de petróleo do grupo em agosto pode ficar aquém dos 1,9 milhão de barris por dia acordados.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 14/07/2020 - 15:38

Cotações Crypto
Pela Web