Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Os gatilhos positivos e negativos para as ações brasileiras em 2022

Diana Cheng
02/01/2022 - 12:32
O Bradesco BBI estabeleceu um novo preço-alvo para o Ibovespa de 130 mil pontos ao fim do ano (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O mercado financeiro brasileiro tem mais um ano de grande volatilidade pela frente. A taxa de juros crescente e a corrida presidencial em 2022 criarão um cenário de elevada incerteza para os investidores. No entanto, alguns analistas do mercado reconheceram que existe uma assimetria nos preços das ações.

O Bradesco BBI estabeleceu um novo preço-alvo para o Ibovespa de 130 mil pontos ao fim do ano. Em relatório publicado pela Ágora Investimentos, os analistas avaliaram que os investimentos em ações brasileiras embutem no momento um “risco não desprezível, mas com assimetria material para o lado positivo”.

De acordo com a instituição, o principal gatilho positivo para as ações em 2022 seria uma maior convicção de ajuste fiscal profundo após o período eleitoral. Porém, isso dependerá das expectativas em relação à próxima administração.

Outros motivos que poderiam levar a uma alta das ações são: (i) maior duração do apetite de risco global; (ii) surpresa para cima no crescimento do faturamento em 2022 no Brasil (com preços internacionais de commodities surpreendendo positivamente ou lucros corporativos ganhando participação na renda nacional, por exemplo); e (iii) menores riscos de inflação, aumentando a probabilidade flexibilização monetária no país.

De gatilhos negativos, a Ágora citou a deterioração do cenário para as ações dos mercados emergentes, que estão suscetíveis a riscos com novas ondas de Covid, aumento de juros dos Estados Unidos além do esperado e crescimento chinês menor que as projeções.

Outro fator de baixa para o mercado acionário brasileiro seria uma possibilidade maior de nenhum ajuste fiscal após as eleições.

Ações favoritas para o ano

Arezzo
Em varejo de vestuário, Alpargatas, Arezzo, Grupo SBF e Lojas Renner são as principais escolhas dos analistas para 2022 (Imagem: Facebook/AREZZO)

A Ágora indicou as suas ações preferidas para diversos setores do mercado em 2022.

No setor bancário, o Itaú (ITUB4) é a principal indicação da corretora, além da small cap ABC Brasil (ABCB4).

Em bens de capital e transportes, três ações de sobressaem: Vamos (VAMO3), Santos Brasil (STBP3) e Embraer (EMBR3).

As apostas para alimentos e bebidas são BRF (BRFS3), M. Dias Branco (MDIA3) e Ambev (ABEV3).

No varejo de vestuário, destaque para Alpargatas (ALPA4), Arezzo (ARZZ3), Grupo SBF (SBFG3) e Lojas Renner (LREN3).

Em construção, Multiplan (MULT3), Iguatemi (IGTI11), MRV (MRVE3) e Direcional (DIRR3) são as maiores recomendações.

Em energia, os analistas estão otimistas com as petroleiras Petrobras (PETR4) e PetroRio (PRIO3), bem como com Vibra Energia (VIBBR3) e Cosan (CSAN3), além de Alupar (ALUP11) e Neoenergia (NEOE3).

A mineradora Usiminas (USIM5) desponta como uma das favoritas da Ágora. A siderúrgica Gerdau (GGBR4) não fica para trás.

Por fim, entre Klabin (KLBN11) e Suzano (SUZB3), a corretora indicou preferência pelo segundo nome.

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Última atualização por Diana Cheng - 02/01/2022 - 13:17

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto