Política

Pagamento de multas a agências reguladoras é uma das opções para compensar desoneração, diz Pacheco

13 jun 2024, 20:19 - atualizado em 13 jun 2024, 20:19
Rodrigo Pacheco, arcabouço fiscal
Presidente do Senado lembrou que é preciso pressa para resolver a questão por conta do prazo estipulado pelo STF. (Imagem: Fabio rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), apontou nesta quinta-feira algumas alternativas para a compensação da desoneração da folha após a devolução da MP do PIS/Cofins, e citou projeto que prevê o pagamento de multas às agências reguladoras.

Em entrevista coletiva, Pacheco disse que há alguns bilhões de reais estocados que nem se recebe e nem se paga.

Outra opção citada foi a repatriação de ativos de brasileiros no exterior, que já ocorreu algum tempo atrás.

O presidente do Senado lembrou que é preciso pressa para resolver a questão por conta do prazo estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Dívidas dos estados

Ele disse esperar que possa haver na próxima semana um amadurecimento do texto da proposta voltada para as dívidas dos Estados.

Pacheco disse ainda que pretende dialogar com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e governadores sobre um programa de pagamento que envolva redução de um indexador e possibilidade de cessão em ativos para a efetivação dos pagamentos.

Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.