Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

PagSeguro quer montar a sua XP? Não é bem assim, Brazil Journal

14/07/2020 - 23:03
A reportagem aponta que a intenção da empresa é concorrer com as corretoras XP, Genial Investimentos e Guide (Divulgação: Facebook da PagSeguro)

A entrada da PagSeguro (PAGS) no mercado de plataformas de investimentos será muito mais modesta do que sugere a reportagem do site Brazil Journal, que compara a iniciativa com a XP Investimentos (XP), uma corretora que deve encerrar 2020 com uma receita líquida de R$ 6,8 bilhões, segundo cálculos do Credit Suisse, e obter lucro de R$ 2 bilhões, de acordo com o BTG Pactual.

A reportagem aponta que a intenção da empresa é concorrer com as corretoras XP, Genial Investimentos e Guide.

O texto argumenta que o “self-made” Luiz Frias, herdeiro da Folha e do UOL, e apontado como criador do negócio de maquininhas do grupo, deseja alçar a PagSeguro ao próximo nível.

“Acreditamos que a notícia não ilustra bem os planos da empresa e passa a impressão de uma iniciativa maior do que realmente é”, escreveram os analistas do Credit Suisse Daniel Federle, Felipe Cheng e Marcelo Telles.

Segundo eles, a PagSeguro sempre teve o objetivo de fornecer uma plataforma abrangente de serviços financeiros a seus clientes e os investimentos vêm neste contexto, mas os produtos de investimento adicionais devem ser um complemento às opções existentes, como poupança e CDB.

“O lançamento de uma plataforma de investimento voltada para os segmentos de média e alta renda (semelhantes aos XP) é improvável, em nossa opinião. Por fim, não esperamos uma contribuição significativa para as receitas ou um impacto em custos que não sejam os já incluídos na indicação da empresa de margens de lucro líquido estáveis”, concluem.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Lucas Simões - 15/07/2020 - 9:57