Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Pais levam educação dos filhos para a estrada nos EUA

28/08/2020 - 14:01
Home Schooling Educação EAD Crianças
Em vez de frequentar uma escola particular bilíngüe, as três crianças vão estudar nas estradas no ano letivo de 2020-21, reunindo uma série de viagens a parques nacionais com um trecho no Havaí no caminho (Imagem: Unsplash/@thepaintedsquare)

Quando o novo coronavírus começou a se espalhar pelo mundo no início deste ano, Bridy e Kurt Oreshack ficaram tão preocupados que tiraram seus filhos da escola três dias antes do fechamento oficial.

A ansiedade deles rapidamente deu lugar a outras emoções. “Nós pensamos, nunca haverá uma oportunidade como essa em nossas carreiras”, diz Bridy, assessora de gestão de fortunas em San Diego.

Ela e o marido, um advogado, esperavam um dia passar um ano viajando com os filhos, que agora têm 5, 9 e 10 anos. Quando a Covid-19 fechou as escolas e tornou não apenas aceitável, mas desejável, que os Oreshacks trabalhassem remotamente, eles decidiram dar o salto.

Em vez de frequentar uma escola particular bilíngüe, as três crianças vão estudar nas estradas no ano letivo de 2020-21, reunindo uma série de viagens a parques nacionais com um trecho no Havaí no caminho.

Um professor de francês irá acompanhá-los enquanto estão na estrada, e um professor de inglês irá acompanhá-los virtualmente.

“Estamos apenas no segundo dia do ensino doméstico”, dizem os pais em sua casa em San Diego, onde a família está se recuperando temporariamente das últimas viagens. “Mas até agora, tem sido incrível e maravilhoso.”

Combinar educação domiciliar e viagens – uma abordagem geralmente conhecida como “worldschooling” – não é nova. Mas tem sido um fenômeno muito raro, limitado a famílias dispostas a trocar estabilidade, estrutura e educação convencional por aventura.

Agora, o “roadchooling” está emergindo como uma alternativa da era Covid-19 para os americanos que estão limitados pelo fechamento da fronteira, mas não por deslocamentos internos.

O termo pode significar muitas coisas. As famílias que podem pagar estão se acomodando em carros maiores e embarcando em jatos particulares, passando alguns dias em cada destino ou meses em um único local.

Algumas crianças continuam matriculadas em programas remotos de escolas públicas ou privadas. Outras estão oficialmente recebendo educação em casa.

É difícil determinar quantas famílias estão seguindo o modelo, mas a sobreposição de dados iniciais sugere que é uma tendência crescente.

A K12, empresa de capital aberto especializada em educação online, registrou aumento de quase 40% nas matrículas em escolas públicas online, na comparação anual. Katie Provinziano, diretora administrativa de uma agência de recrutamento baseada de Beverly Hills, a Westside Nannies, estima que as solicitações para educação privada aumentaram 2.000% desde o início da pandemia – com 40% dos novos clientes planejando pegar a estrada.

Oferta e procura

As vantagens potenciais não são apenas para pais e filhos. Para os instrutores, o roadchooling é uma alternativa segura e lucrativa ao trabalho em escolas tradicionais.

No início da pandemia, os professores particulares ganhavam de US$ 30 a US$ 60 por hora, segundo Provinziano. A demanda fez com que esses valores disparassem.

O pagamento agora varia de US$ 40 a US$ 100 por hora, com aqueles que desejam viajar recebendo um prêmio de 20% ou mais.

Dicas dos profissionais

Educar os filhos – mesmo com ajuda profissional – não é para todos. Denise Clark Pope, conferencista sênior da Escola de Graduação em Educação de Stanford, diz que os desafios potenciais incluem mudanças de fuso horário, problemas de conectividade, quarentenas e falta de estabilidade. Sem falar no custo.

“Às vezes, você vai dirigir no meio do nada”, diz Clark Pope. “As crianças vão fazer a aula do carro? No hotel? E o barulho? Você tem que realmente pensar sobre isso e planejar”. Se as escolas regulares começarem o ano remotamente e voltarem ao aprendizado presencial, ela acrescenta, “você pode ser pego do outro lado do país e precisar voltar”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 28/08/2020 - 14:01

Cotações Crypto
Pela Web