Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Palestinos lançam mais mísseis de Gaza, Netanyahu ameaça guerra

24/02/2020 - 13:58
Israel
Netanyahu disse ter transmitido ao Hamas a mensagem de que, se o movimento não parasse, os militantes por trás dos ataques, seria um alvo direto (Imagem: Unsplash/@sandercrombach)

A Jihad Islâmica na Palestina lançou hoje (24), da Faixa de Gaza, uma nova série de mísseis contra a região Sul de Israel. Alguns projéteis ultrapassaram o sistema de defesa antiaéreo, tendo um deles caído no quintal de um jardim de infância.

Não há informações sobre vítimas, mas o segundo dia de violência ameaça levar a uma nova onda de hostilidades.

A uma semana das eleições legislativas israelenses, o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, ameaçou os governantes do Hamas, movimento radical palestino com uma “guerra” se os disparos a partir da Faixa de Gaza continuarem.

Em declarações à Rádio Militar Israelense, Netanyahu disse ter transmitido ao Hamas a mensagem de que, se o movimento não parasse, os militantes por trás dos ataques, seria um alvo direto.

“Só vou para a guerra como última opção, mas estamos preparando algo que nem se imagina”, declarou.

Mísseis

Os militares israelenses disseram ter registrado o disparo de 14 mísseis, 12 dos quais foram interceptados pelo sistema de defesa Cúpula de Ferro.

Depois da Jihad Islâmica ter atacado no domingo o Sul de Israel, cerca de 65 mil estudantes foram obrigados a ficar em casa na manhã de hoje nas cidades fronteiriças à Faixa de Faza. Comboios foram impedidos entre as cidades de Ashkelon e Beersheva e várias estradas foram fechadas na região.

Israel também retaliou com ataques aéreos a posições da Jihad Islâmica na Síria, que mataram dois membros do movimento islamita e outros quatro combatentes pró-regime perto de Damasco, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Os disparos da Jihad Islâmica no domingo já eram uma resposta à morte de um palestiniano que tentou colocar um explosivo perto da barreira fronteiriça que separa a Faixa de Gaza palestina de Israel. Os militares recuperaram depois o corpo com uma retroescavadeira, o que causou indignação.

Israel e o Hamas já estiveram envolvidos em três guerras entre 2008 e 2014 e em várias ondas de intensa violência desde então.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 24/02/2020 - 13:58