Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Panvel tem salto no lucro do 2º trimestre, com montante atingindo R$ 24,2 milhões

Diana Cheng
17/08/2021 - 9:42
O lucro líquido ajustado totalizou R$ 24,2 milhões, crescimento recorde de 241,1% em relação ao período de abril a junho do ano passado (Imagem: Divulgação/Panvel)

O Grupo Dimed, dono da rede de farmácias Panvel (PNVL3), registrou crescimento recorde de 242,1% no lucro líquido ajustado do segundo trimestre do ano ante igual período de 2020, de acordo com o balanço divulgado na noite desta segunda-feira. O montante atingiu R$ 24,2 milhões.

O resultado foi impulsionado pelo crescimento das vendas, que subiram 28,9%, muito por conta do avanço dos canais digitais.

“Mesmo com clientes retornando às lojas, o hábito das compras online permanece sendo uma realidade e apresenta ótimas oportunidades de crescimento”, disse a companhia.

A receita líquida avançou 24,6% no comparativo anual e totalizou R$ 776,7 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em R$ 39,9 milhões, alta de 107,1% em relação a um ano antes. A margem Ebitda ajustada foi de 4,8%.

Segundo o Dimed, os resultados refletiram em ganhos relevantes de participação de mercado em todas as regiões em que a empresa está presente.

“Vimos no segundo trimestre de 2021 o ritmo de abertura de lojas retomar sua normalidade, em linha com a expectativa da companhia para o trimestre, tendo realizado 20 aberturas no período”, disse a companhia.

Apesar das iniciativas digitais, o Dimed continua apostando forte nas operações físicas. Em meio à ascensão dos grandes marketplaces, como Magazine Luiza (MGLU3), B2W (BTOW3) e Amazon, a empresa enxerga grandes oportunidades de crescimento via expansão de lojas.

Antônio Napp, diretor financeiro do Grupo Dimed, dono da rede de farmácias gaúcha, contou em entrevista para o Money Times que o espaço físico segue no centro da estratégia da companhia – e deve continuar assim por mais um tempo.

Segundo Napp, especialmente para o varejo farmacêutico, ter uma boa estrutura das operações físicas é fundamental para o sucesso do e-commerce.

“Eu preciso de uma loja física bem localizada, com estoque adequado, bom atendimento, número correto de funcionários e bem operada para justamente fazer com que minha entrega de última milha, minha entrega do e-commerce, funcione”, defendeu. “Não podemos esquecer da loja física. A loja física é nossa chave, nosso core de negócio. É por meio da loja física que nosso e-commerce funciona de uma maneira tão eficiente e se diferencia”.

Última atualização por Diana Cheng - 17/08/2021 - 9:44

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto