Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Para Itaú BBA, Ibovespa ainda pode subir quase 50% neste ano

24/03/2020 - 16:41
B3 B3SA3 Ibovespa
Ladeira abaixo: nova projeção para Ibovespa é 29% menor que a original (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Na esteira da pandemia de coronavírus, que derrubou o mercado nas últimas semanas, o Itaú BBA cortou sua estimativa para o Ibovespa. Segundo a gestora do Itaú Unibanco, o principal indicador da B3 deve encerrar o ano em 94 mil pontos, ante a previsão original de 132 mil pontos

A nova projeção é 29% inferior à original. Ainda assim, se a estimativa for confirmada, representará um ganho de 47,8% sobre os 63.569 pontos com que o Ibovespa fechou nesta segunda-feira (23).

Marcos Assumpção, Jorge Gabrich e André Dibe, que assinam o relatório, afirmam que o ajuste se baseia numa redução de 25%, em relação ao consenso do mercado, na estimativa dos lucros que serão apresentados pelas empresas neste ano.

Sem charme

Com isso, o P/L (relação preço/lucro) do Ibovespa fica acima da sua média histórica de 11,3 vezes, “revelando que ele não é tão atrativo, no final das contas”.

Gráfico do Ibovespa 2020 elaborado pelo Itaú BBA

Entre os setores que sofrerão as maiores perdas, o Itaú BBA prevê uma queda média de 20% no lucro das empresas focadas no mercado interno. No caso dos bancos, esperam-se uma freada na expansão da carteira de crédito de 10% para 3%, o aumento da inadimplência e queda das receitas geradas por tarifas.

No modelo do Itaú BBA, porém, a oscilação do Ibovespa é mais sensível ao custo de capital para o acionista (Ke) do que à queda de lucros. E, neste caso, o cenário também é desfavorável. O Ke embutido nos cálculos passou de 11,25% para 12%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Outro parâmetro, o prêmio pelo risco patrimonial implícito (ERP) subiu de 4,75% para 5,4%. Os analistas observam que a relação com a paridade dos juros segue estável, “indicando que os fundamentos isentos de risco permanecem os mesmos”.

Última atualização por Márcio Juliboni - 24/03/2020 - 16:41