Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Paraná reduz projeções para safras de milho e trigo 2019/20; mantém soja 2020/21

24/09/2020 - 14:55
Milho
Na mesma linha, o Deral revisou para baixo a estimativa de produção de milho segunda safra 2019/20, para 11,65 milhões de toneladas, em relação aos 11,77 milhões projetados no fim de agosto (Imagem: Pixabay)

A produção de trigo do Paraná deve alcançar 3,32 milhões de toneladas em 2020, estimou o Departamento de Economia Rural (Deral) nesta quinta-feira, com leve queda ante os 3,47 milhões de toneladas projetados no fim do mês passado na esteira de adversidades climáticas ocorridas desde agosto.

“Houve tanto o problema das geadas em agosto, quanto da seca em setembro”, disse o analista do Deral Carlos Hugo Godinho sobre os fatores que motivaram o ajuste na projeção para o trigo.

Ainda assim, com a colheita já avançando para metade das áreas, a expectativa é de um bom desempenho no maior produtor brasileiro do cereal.

Na comparação com 2019, quando o Paraná passou por quebra de safra, a produção esperada para 2020 representa um avanço de 55%.

Segundo ele, a revisão recente na estimativa foi pequena porque o clima já havia motivado um corte na previsão divulgada no mês passado. “O efeito anterior que previmos foi apenas um pouco agravado”. [nS0N2FM008]

Nesta quinta-feira, o Deral também revisou para baixo a estimativa de produção de milho segunda safra 2019/20, para 11,65 milhões de toneladas, em relação aos 11,77 milhões projetados anteriormente, mas, neste caso, em função dos últimos ajustes à medida que a colheita se encerra.

No comparativo anual, ao contrário do trigo, a produção de milho segunda safra deve recuar 12%, conforme dados do Deral, uma vez que a seca atingiu as lavouras em fases importantes.

Nova safra

Com poucas chuvas para avançar com o plantio do cereal, o órgão ligado ao governo do Estado manteve as projeções para o milho primeira safra 2020/21, assim como para a soja, cuja semeadura ainda não começou.

Um dos principais fornecedores da oleaginosa no país, o Paraná espera produzir 20,4 milhões de toneladas do grão, 1% a menos do que o registrado em 2019/20, devido a um possível recuo na produtividade.

As projeções para a área de plantio da temporada iniciada neste mês também foram mantidas em alta de 1% tanto para o milho verão (360,4 mil hectares) quanto para a soja (5,54 milhões de hectares).

Milho
Com poucas chuvas para avançar com o plantio do cereal, o órgão ligado ao governo do Estado manteve as projeções para o milho primeira safra 2020/21 (Imagem: REUTERS/Agustin Marcarian)

Segundo o Deral, a produção de milho primeira safra tende a cair 3% quando comparada ao ciclo anterior, para 3,45 milhões de toneladas, também em função de um rendimento menor.

(Atualizada às 15h51)

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 24/09/2020 - 15:51