Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Parler sofre derrota na tentativa de ter serviço restaurado pela Amazon

21/01/2021 - 17:56
Parler Redes Sociais
O Parler disse que a Amazon não tem direito contratual de excluí-la e o fez por “animosidade política” (Imagem: Reprodução)

Uma juíza dos Estados Unidos rejeitou nesta quinta-feira o pedido do Parler para que a Amazon (AMZN) restaure os serviços de hospedagem na web para a plataforma de mídia social, cortados após a invasão do Capitólio em 6 de janeiro.

A juíza Barbara Rothstein, em Seattle, disse que o Parler falhou em demonstrar que prevaleceria no mérito de suas reivindicações, ou que o interesse público apoiava uma liminar exigindo a restauração do serviço.

A Amazon Web Services suspendeu Parler em 10 de janeiro.

A gigante de internet disse que o Parler violou seu contrato ao ignorar repetidos avisos para lidar efetivamente com o crescimento de conteúdo violento, incluindo chamadas para assassinar políticos democratas proeminentes, executivos de negócios e a mídia.

O Parler disse que a Amazon não tem direito contratual de excluí-la e o fez por “animosidade política” para beneficiar o Twitter, um cliente maior da Amazon que o Parler disse não censurar conteúdo violento direcionado aos conservadores.

Muitos apoiadores do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usam o Parler, que afirma ter mais de 12 milhões de usuários. O Parler não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por André Luiz - 21/01/2021 - 17:56